Corinthians planeja transformar Fazendinha em casa de shows

Corinthians planeja transformar Fazendinha em casa de shows

Por Meu Timão

O último treino do Corinthians no Parque São Jorge deverá ser realizado na tarde desta quinta-feira. O clube agendou a inauguração do centro de treinamentos no Parque Ecológico do Tietê para o dia seguinte. E, a partir de então, pretende receber apenas shows e eventos na Fazendinha.

"Não vai ter mais futebol lá. Vamos colocar em prática o projeto que eu tinha para o Parque São Jorge há um ano. Quero dar uma melhorada na Fazendinha, fazer uns camarotes e criar uma casa de shows a céu aberto. A Zona Leste é um pouco carente disso", comentou o presidente do clube, Andrés Sanchez.

Antes de definir a construção do seu estádio em Itaquera, o Corinthians chegou a anunciar uma parceria com a construtora Lusoarenas para reformar a Fazendinha, que passaria a sediar jogos para públicos menores. O projeto não saiu do papel e acabou engavetado.

O estádio Alfredo Schürig (nome de um ex-presidente corintiano), a Fazendinha, pertencia ao EC Sírio e foi comprado pelo Corinthians por 750 contos de réis, pagos em 10 anos de prestações.

A inauguração ocorreu em 22 de julho de 1928, com um empate por 2 a 2 com o América-RJ, diante de 2 mil pessoas. De Maria marcou os dois gols corintianos, um deles em tempo recorde: 29 segundos do primeiro tempo.

A partir desta sexta, no entanto, o Corinthians só deverá atuar com bola no seu CT e no futuro estádio de Itaquera. "Já estamos com 70% do centro de treinamentos pronto. Ficou tudo ótimo. Só falta construir o hotel", comemorou Andrés Sanchez.

Fonte: Terra

Veja Mais:

  • Arana pode se transferir para a Inter de Milão nos próximos dias

    Com oferta na mão, Corinthians espera retorno de presidente para definir venda de Arana

    ver detalhes
  • Corinthians optou por não utilizar redes sociais em respeito ao momento

    Corinthians suspende redes sociais em dia de velório coletivo da Chapecoense

    ver detalhes
  • Torcida do Corinthians se despediu da Arena no empate por 0 a 0 com o Atlético-PR

    Maior do país, público do Corinthians é duas vezes a média do Brasileirão 2016

    ver detalhes
  • Oswaldo defendeu utilização da cor verde em homenagem à Chapecoense

    Oswaldo comenta tragédia da Chapecoense e é mais um a defender cor verde no Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes