Novo diretor nega interesse do Corinthians por Polga

Novo diretor nega interesse do Corinthians por Polga

Se a torcida do Corinthians contava com a negociação envolvendo o Sporting-POR e o zagueiro Ânderson Polga para se ver livre do atacante Souza, que até hoje não convenceu com a camisa alvinegra, pode começar a lamentar.

Em entrevista por telefone para o R7 neste sábado (11), o novo diretor de futebol do Timão, Roberto Andrade, negou por completo as informações veiculadas na imprensa portuguesa sobre o interesse corintiano pelo ex-jogador do Grêmio e, consequentemente, na troca envolvendo Souza.

- Não tem nada com o Polga. Negociação nenhuma. Falei com o Andrés [Sanchez, presidente] ainda há pouco e nós dois gostaríamos de saber de onde surgiu essa informação. O interesse por ele é zero.

Confirmado no cargo como substituto de Mário Gobbi na última quinta-feira (9), Andrade admitiu que não teve conversas profundas com Tite sobre a reformulação do elenco, mas não negou que os atletas que vêm sendo citados como dispensáveis pela imprensa realmente deverão deixar o clube.

"Xodó" de Tite abre lista de dispensas

- O que precisamos ver é se há alguém com contrato muito longo a cumprir, pois, às vezes, vale mais a pena segurá-lo no grupo por mais alguns meses pagando apenas o salário do que terminar o vínculo e ter que arcar com as verbas rescisórias.

Fonte: R7

Enviado por: thiago nicodemis

Veja Mais:

  • Jogadores usaram máscaras em brincadeira do Corinthians

    Em clima de Carnaval, Corinthians provoca e dá máscaras para Gabriel e Maycon

    ver detalhes
  • Thiago Duarte Peixoto será afastado dos gramados e passará por avaliação na FPF

    Após assumir erro, árbitro de Dérbi é afastado e passa por avaliação na FPF

    ver detalhes
  • Jogador não pediu desculpas a Gabriel em declaração

    Sem pedir desculpa, Tchê Tchê argumenta ter 'brincado' com Gabriel no Dérbi

    ver detalhes
  • Árbitros utilizaram o metrô em horário de pico nesta quarta-feira

    Árbitro foi à Arena Corinthians de metrô em horário de pico, acusa entidade; FPF rebate

    ver detalhes

Comente a notícia:

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes