Weldinho passa por exames médicos para reforçar o Corinthians no Brasileiro

Weldinho passa por exames médicos para reforçar o Corinthians no Brasileiro

Por Meu Timão

Com Weldinho o Corinthians pode dispensar Moacir

Com Weldinho o Corinthians pode dispensar Moacir

O Corinthians oficializará na próxima semana a contratação do lateral-direito Weldinho, que disputou o Campeonato Paulista pelo Paulista, de Jundiaí. Nesta quarta-feira, o atleta de 20 anos passou por exames médicos na cidade de São Paulo e agora só falta assinar o contrato, que provavelmente terá quatro anos de duração.

As negociações estão perto de um desfecho, e o clube alvinegro comprará 90% dos direitos econômicos do jovem lateral. Os 10% restantes permanecerão com o Paulista, para lucrar em uma futura venda. Investidores podem ajudar o time de Parque São Jorge na transação.

Weldinho será reserva de Alessandro. O técnico Tite solicitou mais um lateral-direito para a disputa do Campeonato Brasileiro, já que Moacir pouco atuou na temporada. O volante Moradei chegou a jogar improvisado no setor.

As atuações do jogador no Estadual chamaram a atenção do Internacional. Entretanto, um diretor influente nos bastidores do Parque São Jorge afirmou que em nenhum momento o clube temeu ficar sem o reforço, pois já havia um acordo com a equipe de Jundiaí.

Fonte: UOL

Veja Mais:

  • Fernando César (empresário), Roberto de Andrade, Pablo, Flávio Adauto e Alessandro em reunião

    Corinthians acerta permanência de Pablo; resta acordo com Bordeaux

    ver detalhes
  • Com derrota por 3 a 0 no placar agregado, Timão ficou com o vice do Brasileirão 2017

    Valente, Corinthians/Audax sofre nova derrota e é vice-campeão brasileiro de 2017

    ver detalhes
  • Walter não será liberado pelo Corinthians

    Corinthians bate o martelo e não libera Walter para o São Paulo; novo encontro no sábado

    ver detalhes
  • Meia sentiu a costela após dividida com Betão

    Jadson tem fratura constatada e desfalca Corinthians por um mês

    ver detalhes

Comente a notícia:

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes