Corinthians volta a ser 'bola da vez' do Brasil sete meses depois

Corinthians volta a ser 'bola da vez' do Brasil sete meses depois

Tite sentiu o sabor de liderar o Campeonato Brasileiro do ano passado apenas na 35ª rodada, após vitória sobre o Cruzeiro, em novembro. Sete meses e meio depois, sem ter conquistado aquele título, o treinador voltou a pôr o time no topo da competição nacional, com o triunfo sobre o Bahia, em junho deste ano, e ainda o mantém por lá.

"Dá para fazer um relato melhor com 12, 13 rodadas. Quer dizer que é ruim estar na frente antes? Claro que não, sempre tem a bola da vez. Tem que focar no trabalho, a equipe cresce e se faz campeã, com maturidade", diz o corintiano.

Contratado na segunda quinzena de outubro passado, Tite tinha à disposição uma série de estrelas que já deixaram o Corinthians, mas fizeram parte de imagens em comemoração ao centenário do clube e até hoje decoram o Parque São Jorge e o CT Joaquim Grava.

"Essa equipe passou pela terceira remontagem de estruturação. Olhei um quadro na sala de imprensa (com desenho que tem Ronaldo, Jucilei e Elias) e disse ''esse não está, esse aqui não está''. Peguei a escalação e, nossa, olha isso. Tinha losango no meio-campo, abria com... (Tite respira) Era um time que jogava em cima de posição técnica, hoje é mais rápido", analisa.

Mesmo sendo a "bola da vez" novamente após muito tempo, Tite não se empolga. "Tem que ter tranquilidade, saber administrar inclusive os elogios recebidos, deixar a vaidade de lado. Saber que isso foi fruto de trabalho de todos e entender que o time vai perder um dia", conclui.

Corinthians volta a ser "bola da vez" do Brasil como em 2010 com

Fonte: Terra

Enviado por: Matheus Rodrigues

Veja Mais:

  • Michel (à esq.) e o sobrinho foram ao Maracanã naquele 23 de outubro

    Terceiro corinthiano solto no Rio desabafa: 'Fui pra ver o jogo, não pra brigar'

    ver detalhes
  • Torcedores na Arena poderão adicionar patch da Chapecoense em camisas

    Loja da Arena irá personalizar grátis camisas em homenagem à Chapecoense

    ver detalhes
  • Corinthians já definiu profissionais que devem permanecer e ser negociados

    Isaac, Mendoza, Oswaldo... Confira quem chega e quem sai do Corinthians

    ver detalhes
  • É tudo política, estúpido!

    [Marco Bello] É tudo política, estúpido!

    ver detalhes

Comente a notícia:

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes