Timão cria campanha para eleger o presidente de sua República Popular do Corinthians

Timão cria campanha para eleger o presidente de sua República Popular do Corinthians

Por Meu Timão

As eleições do Timão começam na semana que vem

As eleições do Timão começam na semana que vem

O Timão procura um novo presidente. Não para substituir Andrés Sanches, contratar reforços milionários ou gerir os destinos do atual líder do Campeonato Brasileiro. A partir desta quarta-feira, o departamento de marketing do clube lança uma campanha para encontrar o primeiro “chefe de estado” da República Popular do Corinthians entre os seus mais de 30 milhões de fiéis torcedores.

O trabalho começou há alguns meses com uma verdadeira varredura pelas comunidades ligadas ao Corinthians em redes sociais, blogs e outros mecanismos de comunicação. Foram selecionadas 20 pessoas para concorrerem ao primeiro pleito. Elas se reunirão com o clube no próximo dia 5 de agosto. As datas das eleições ainda serão divulgadas.

Haverá também a escolha de 300 congressistas. Eles serão eleitos por voto direto e terão a função de apoiar o presidente em seu mandato. Qualquer corintiano com mais de 16 anos poderá participar do game. Os candidatos terão 15 dias para fazer suas respectivas campanhas em mídias sociais e participando até de debates com seus “rivais”.

Quem ocupar os cargos vai precisar suar a camisa para agradar os eleitores e, consequentemente, ganhar força para a reeleição. Durante o mandato de quatro meses, o vencedor terá de cumprir uma série de compromissos tanto na internet quanto fora dela, ganhando ou perdendo pontos.

Depois disso, o trabalho do presidente e dos congressistas será avaliado, correndo o risco até de sofrer impeachment dependendo do grau de rejeição. A qualidade do governo do presidente e dos congressistas será recompensada com algumas premiações a serem determinadas.

Premiada com um leão de bronze, no festival de Cannes-FRA, um dos principais da publicidade mundial, a campanha da República Popular do Corinthians foi lançada em 2010, pouco antes do centenário. Com o novo "game", o Timão quer alavancar sua projeção em redes sociais, deixando o nome do clube sempre em evidência. Além disso, pretende mapear o perfil dos torcedores com a intenção de desenvolver novos projetos no futuro.

Na última segunda-feira, uma imagem com o contorno do corpo de uma pessoa com uma faixa presidencial foi colocada no site oficial do clube. A frase “quem vai ser o presidente?” gerou certo burburinho entre dirigentes e conselheiros, principalmente porque o Timão escolherá no final do ano o substituto de Andrés Sanches.

Fonte: Globo Esporte

Veja Mais:

  • Setor Norte da Arena Corinthians segue interditado para o início do Brasileirão

    Setor Norte da Arena segue interditado para Brasileiro; Corinthians pode ter dois clássicos 'vazios'

    ver detalhes
  • Pedrinho surge como opção para Jadson, que foi preservado do treino nesta quarta-feira

    Pedrinho é testado por Carille no primeiro treino com titulares antes de decisão

    ver detalhes
  • Guilherme foi empréstimo ao Atlético-PR

    Atlético-PR anuncia contratação do corinthiano Guilherme até 2018

    ver detalhes
  • Carille pode sofrer desfalques por suspensão na final do estadual

    Com quase um time inteiro pendurado, Carille descarta poupar jogadores na primeira decisão

    ver detalhes

Comente a notícia:

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes