Ex-Timão, Jô terá chance de ouro contra o Corinthians

Ex-Timão, Jô terá chance de ouro contra o Corinthians

Por Meu Timão

Jô espera ter a torcida do Inter ao seu lado

Jô espera ter a torcida do Inter ao seu lado

Foto: Marcos Nagelstein/VIPCOMM

Ele foi revelado pelo clube do Parque São Jorge e conquistou o Brasileirão de 2005 ? título que ainda está engasgado na garganta da torcida do Internacional ? pelo Corinthians. Neste domingo, o atacante Jô está do outro lado e terá uma oportunidade ímpar para conquistar a torcida que o vaiou diante do Avaí, no domingo passado.

Após seis anos fora do Brasil, Jô chegou ao Inter em julho, como o substituto ideal para Leandro Damião, que acabou se lesionando.

O atacante se tornou titular, mas ainda não caiu nas graças da torcida colorada. Foram dois gols em 16 jogos. Bancado pelo técnico Dorival Júnior, que confia em seu futebol, Jô entende as críticas.

? A torcida tem todo o direito de cobrar, pois eu não vinha bem. O Inter não estava vencendo e enfrentava um time que estava na zona do rebaixamento. Era um jogo importante para nós. Hoje eles vaiam e no dia seguinte aplaudem. É normal ? destacou o jogador, que sabe da importância de ?vingar? o vice-campeonato brasileiro do Inter de 2005.

? O Corinthians é a pedra no sapato do Inter. É quase um clássico. Indo bem nesse jogo, a torcida virá para o meu lado ? disse Jô ao LANCENET!.

Bate-Bola com Jô, atacante do Internacional em entrevista exclusiva ao LANCENET!

LANCENET: Esta será a primeira vez que você enfrentará o clube que o revelou. Existe uma ansiedade?

Jô: Será uma sensação única. Só quem passou por isso, sabe como é. A gratidão que eu tenho pelo Corinthians é muito grande e, com certeza, será um jogo que ficará marcado. O que eu desejo é poder ir bem e ajudao Internacional. Se eu puder marcar, melhor ainda.

LNET!: O Dorival já garantiu que confia no seu futebol por diversas vezes e garante que você irá render o que ele espera. É algo que lhe dá mais tranquilidade para driblar as críticas ?

Jô: Sim. O Dorival Júnior, o presidente (Giovanni Luigi) e o diretor (Fernandão) confiam no meu futebol. Isso é o que me deixa tranquilo. O que passou, passou. Tenho de manter a cabeça erguida e seguir trabalhando. Não é a primeira vez que um jogador é vaiado. Isso é normal. Tenho de saber lidar com isso.

LNET!: O Inter tem utilizado apenas um atacante, que no caso é você. Esse esquema (4-2-3-1) lhe agrada?

Jô: Nós assimilamos muito bem esse esquema com três meias. Mas é claro que ter a companhia de outro atacante é algo que me facilitaria.

Com a palavra: Cléber Grabauska, comentarista da Rádio Gaúcha sobre o desempenho de Jô no Inter

Nem uma grande atuação o salvará

Mesmo que o Jô tenha uma grande atuação contra o Corinthians, não acredito que ele vá cair nas graças da torcida do Inter. O Jô está devendo muito. Ele não deu a resposta esperada.

O Geninho, técnico que o lançou no Corinthians, me disse que ele rende mais atuando pelos lados e não como centroavante. Talvez ele esteja atuando na posição errada.

O fato de o jogo ser no Beira-Rio só torna a vida do Jô ainda mais complicada. A torcida do Inter pode não ter a paciência necessária com ele, mais uma vez. O Jô não é o jogador que pode resolver. Ele é apenas dedicado, esforçado.

Os momentos de Jô

Revelado pelo Timão em 2003, Jô marcou 17 gols em 81 jogos pelo clube e levou o polêmico Brasileirão de 2005.

Após se destacar pelo CSKA, da Rússia, Jô foi contratado pelo Manchester City. Foram seis gols em 38 jogos pelo clube. O atacante ainda foi emprestado pelo City ao Everton, da Inglaterra, e pelo Galatasaray, da Turquia.

Jô chegou ao Inter como o substituto ideal de Damião, mas ainda não emplacou: dois gols em 16 partidas.

Fonte: Lancenet

Veja Mais:

  • Cerca de 200 integrantes de organizadas foram ao Pacaembu neste domingo

    Ato de organizadas tem gritos de 'Vamo Chape' e pedido por liberdade nos estádios

    ver detalhes
  • Kalil, à direita de Roberto de Andrade, pediu licença de 60 dias

    Vice-presidente solicita licença do cargo e dispara contra diretoria do Corinthians

    ver detalhes
  • Bruno César anotou o segundo gol na vitória por 2 a 0

    Ex-jogador do Corinthians marca golaço de falta e dedica à Chapecoense; veja o vídeo

    ver detalhes
  • Maycon conta com o aval de Oswaldo de Oliveira para retorno

    Retorno de Maycon minimiza necessidade por contratação de volante no Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes