Agressores de auxiliar prestam depoimento e são liberados pela PF

Agressores de auxiliar prestam depoimento e são liberados pela PF

Por Meu Timão

Altemir Hausmann reclama de agressão dos torcedores

Altemir Hausmann reclama de agressão dos torcedores

Foto: Felipe Gabriel

Os quatro torcedores do Corinthians acusados de agredir Altermir Hausmann (Fifa-RS), auxiliar de Jean Pierre Gonçalves Lima (RS) no confronto América-MG x Timão, foram identificados pela Polífica Federal do Aeroporto de Congonhas, em São Paulo, prestaram depoimento e foram liberados em seguida.

Eles foram enquadrados no artigo 41-B da lei 10.671/2003 do Estatudo Torcedor, que tem como pena a reclusão de até dois anos e multa, podendo a pena de reclusão ser convertida em punição impeditiva de comparecimento às próximidades do estádio por até três anos.

Ainda não há data para a audiência sobre o caso.

Os corintianos viajaram de Uberlândia (MG), local do jogo, a São Paulo no mesmo voo do trio de arbitragem, que também contava com o auxiliar Julio Cesar Santos.

Fonte: Lancenet

Veja Mais:

  • Corinthians encerrou preparação contra a Ponte Preta

    Clima bom, susto de Pablo e escalação do Corinthians: o último treino antes da Ponte Preta

    ver detalhes
  • Casuals foi derrotado nos pênaltis neste sábado; próxima temporada só em agosto

    Nos pênaltis, Corinthian-Casuals perde final e adia sonho de subir de divisão

    ver detalhes
  • Carille contará com 23 jogadores em Campinas neste domingo

    Corinthians relaciona 23 jogadores para final em Campinas

    ver detalhes
  • Pablo não deve ser problema contra a Ponte Preta

    Pablo dá susto em último treino do Corinthians antes de decisão

    ver detalhes

Comente a notícia:

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes