Andrés sobre Teixeira: 'Não posso negar o pedido de um amigo'

Andrés sobre Teixeira: 'Não posso negar o pedido de um amigo'

Por Meu Timão

Andrés Sanchez ocupará o cargo de diretor de Seleções na CBF

Andrés Sanchez ocupará o cargo de diretor de Seleções na CBF

Foto: Eduardo Viana

Anunciado nesta sexta-feira como novo diretor de Seleções da CBF, o presidente do Corinthians, Andrés Sanchez, afirmou que foi chamado à sede da entidade para conversar e que, ao receber o convite, não teve como recusá-lo.

- O presidente da CBF (Ricardo Teixeira) me ligou ontem à tarde e me pediu para estar na CBF. Não sabia do que se tratava, achei que era o pessoal da Fifa. Fiquei surpreendido, mas não posso negar pedido de um amigo. Os próximos anos serão importantissimos, espero ajudar da melhor maneira - explicou, em entrevista coletiva.

Andrés assumirá um cargo que não existia na Confederação Brasileira de Futebol. Dentro da hierarquia da CBF, estará apenas um cargo abaixo de Teixeira.

- Todas as seleções masculinas e femininas, é com o Zé Mane aqui. É obvio que na hora do convite a cabeça girou um pouco, mas a cabeça está no Corinthians, minha paixão e minha vida. Espero que a gente tenha sucesso nesses dois jogos, depois tenho dias para passar as coisas para o Roberto, fazer campanha para o Gobbi e aí sim, quando for para a Seleção, falaremos mais de CBF - disse.

Apesar de seu mandato vencer apenas no ano que vem, Andrés passará o cargo para o vice Roberto de Andrade no próximo dia 15. Para as eleições, em fevereiro, apoia seu ex-diretor de futebol, Mário Gobbi.

- Se a gente deixa para anunciar depois, iam falar que já sabíamos e não quisemos anunciar. Sou presidente do Corinthians, vou me dedicar 24h até o fim do meu mandato. Se o Corinthians tiver isso ou aquilo, não será por participação minha. Quem convoca é o treinador, não vão achar que algumas coisas vão ser para o Corinthians por causa de mim - advertiu.

Sobre a reclamação do presidente do Vasco, Roberto Dinamite, que levantou suspeitas por conta do anúncio da CBF, Andrés minimizou:

- Vai do julgamento de cada um, é ridiculo. Já fomos beneficiados e prejudicados. Nos últimos sete jogos vê quem foi mais prejudicado. Isso infelizmente acontece, quem ganha são os jogadores. Se não der certo nesse domingo, no outro será mais difícil ainda - disse, sobre o título brasileiro, que pode sair já neste domingo, contra o Figueirense.

Fonte: Lancenet

Veja Mais:

  • Corinthians volta a jogar nesta segunda pela Liga Nacional

    Corinthians encara 'reforçado' Sorocaba na primeira final da Liga Nacional

    ver detalhes
  • Pelada registrada no Amapá, onde Caio presenciou o tradicional 'futilama'

    Do Amapá à Antártida: torcedor do Corinthians, fotógrafo percorre o mundo em busca de peladas

    ver detalhes
  • Cerca de 200 integrantes de organizadas foram ao Pacaembu neste domingo

    Ato de organizadas tem gritos de 'Vamo Chape' e pedido por liberdade nos estádios

    ver detalhes
  • Kalil, à direita de Roberto de Andrade, pediu licença de 60 dias

    Vice-presidente solicita licença do cargo e dispara contra diretoria do Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes