Televisão levanta receita do Corinthians em 2011 que cresce 49% em relação a 2010

Televisão levanta receita do Corinthians em 2011 que cresce 49% em relação a 2010

Por Meu Timão

Marcelo Campos Pinto, executivo da Globo, e o presidente Andrés Sanchez fechando o contrato

Marcelo Campos Pinto, executivo da Globo, e o presidente Andrés Sanchez fechando o contrato

A receita líquida da parte de futebol do Corinthians cresceu 49,8% em 2011 em relação a 2010, e somou 248,990 milhões de reais. O resultado foi positivamente impactado pelo crescimento dos direitos de transmissão de TV e por premiações, fiel torcedor e loterias.

A parte mais significativa da receita bruta vem dos direitos de transmissão, que cresceram 104,6% entre 2010 e 2011 e atingiram 112,486 milhões de reais. É preciso lembrar que 2011 foi o ano da confusa negociação entre o Clube dos 13 e as emissoras de TV para transmissão do Campeonato Brasileiro.

O Clube dos 13 havia feito, no início do ano, uma licitação para transmitir o campeonato que teve como vencedora a Rede TV, o que gerou um impasse com o Corinthians, que tratou separadamente com a Globo por considerar baixo o valor que receberia na negociação coletiva.

O clube não divulgou o valor da oferta da Globo, mas é possível chutar alto. Durante as negociações, a Record havia feito uma proposta de 100 milhões de reais pelos direitos – e não levou o contrato. A proposta exigia “algo que o clube não pode garantir”, segundo o Corinthians, pois a lei atual não garante que a equipe mandante detenha exclusividade nos seus jogos em casa.

Na época em que assinou o contrato com a rede Globo, o Corinthians afirmou, por meio de comunicado, que seus diretores tinham certeza de que haviam assinado “o melhor contrato da história do clube de Parque São Jorge, superando inclusive a previsão de faturamento do Clube dos 13”.

Receitas

O maior crescimento nas receitas brutas do Corinthians ocorreu na parte das premiações, loterias e fiel torcedor – o clube não fatiou os números – que atingiu 14,7 milhões de reais, um crescimento de 112%, aproximadamente, em relação a 2010. Vale lembrar que, apesar de 2011 não ter sido o ano do centenário, como 2010, o clube venceu o Campeonato Brasileiro. As receitas com repasses de direitos federativos também cresceram, 70,8%, aproximadamente, e atingiram 59,706 milhões de reais em 2011.

No período, o time registrou queda em patrocínios e publicidades e na arrecadação de jogos. Em patrocínios e publicidades a receita bruta foi de 44,382 milhões de reais – 6,2% inferior a de 2010. Já a arrecadação dos jogos, somou 27,171 milhões de reais e registrou uma queda de 7,7%, aproximadamente.

Fonte: Exame

Veja Mais:

  • Wladimir será o mais novo colunista do Meu Timão

    Herói de 77 será colunista do Meu Timão

    ver detalhes
  • Dudu revelou que jogadores do Palmeiras tinham conhecimento de confusão feita pelo árbitro no clássico

    Atacante palmeirense diz por que não avisou árbitro de erro em expulsão de Gabriel

    ver detalhes
  • Jadson treinou nesta quinta-feira e não será problema para final no Moisés Lucarelli

    Jadson volta, e Carille ensaia escalação do Corinthians para primeira decisão do Paulista

    ver detalhes
  • Fiel esgotou bilhetes colocados à venda no Fiel Torcedor

    Em menos de uma hora, torcida do Corinthians esgota ingressos para decisão do Paulista

    ver detalhes

Comente a notícia:

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes