Corinthians mira Pato, mas se preocupa com histórico de lesões

Corinthians mira Pato, mas se preocupa com histórico de lesões

Alexandro Pato teve muitas lesões no Milan

Alexandro Pato teve muitas lesões no Milan

O Corinthians está interessado na contratação do atacante Alexandre Pato, do Milan. Um dos empecilhos para o início das negociações com o time italiano --que ainda não foi procurado-- é o extenso histórico de contusões do jogador.
A informação está na coluna Painel FC, assinada por Eduardo Ohata, publicada nesta segunda-feira. A íntegra está disponível para assinantes do jornal e do UOL, empresa controlada pelo Grupo Folha, que edita a Folha.
De acordo com a coluna, cartolas corintianos consideram uma contratação de risco. Adotam postura cautelosa e estudam dispositivos para se salvaguardarem.

Pato está no Milan desde 2007, mas sofreu com as lesões nesta temporada e disputou apenas 18 jogos, tendo marcado quatro gols. Na última sexta-feira, o atacante foi convocado por Mano Menezes para quatro amistosos da seleção brasileira.

Outras opções cogitadas pelo Corinthians, segundo a coluna, foram os atacantes Robinho (Milan) e Leandro Damião (Internacional). O primeiro foi descartado pelo histórico ligado ao Santos. O segundo foi sondado, mas o clube gaúcho rejeitou negociá-lo.

Fonte: Folha

Enviado por: Leonardo

Veja Mais:

  • Marquinhos abre o coração, comemora volta à Arena e dá palpite sobre Majestoso

    Marquinhos abre o coração, comemora volta à Arena e dá palpite sobre Majestoso

    ver detalhes
  • Pedrinho aproveitou oportunidade e foi bastante elogiado por atuação contra o Red Bull

    Xodó da Fiel, Pedrinho já é quem mais driblou do Corinthians no Paulistão

    ver detalhes
  • Camisa do Corinthians pode ultrapassar valor de R$ 100 milhões em 2017

    Camisa do Corinthians valerá R$ 100 milhões em 2017, promete diretor de marketing

    ver detalhes
  • Foxlux é nova patrocinadora do Corinthians

    Corinthians anuncia terceiro patrocinador para 2017; veja mudança na camiseta

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes