Valdivia diz que Corinthians é o favorito para passar pelo Santos na semifinal

Valdivia diz que Corinthians é o favorito para passar pelo Santos na semifinal

3.3 mil visualizações 27 comentários Comunicar erro

O chileno Jorge Valdivia afirma que o Corinthians é favorito para ir à final da Copa Libertadores. Segundo o jogador palmeirense, o Santos depende muito de Ganso e Neymar e o time arquirrival tem mais elenco.

Por causa disso, segundo o camisa 10, os comandados de Tite devem conseguir a classificação para a aquela que seria a primeira final de Libertadores da história do Corinthians.

“O Santos depende muito do Ganso e ele nem joga dessa vez. Depende muito do Neymar e, quando ele é bem marcado, o Santos não joga. Então eu vejo o Corinthians muito mais sólido, com um elenco mais forte e com mais vontade de ir à final”, disse o chileno à TV Bandeirantes.

“O Corinthians, se não tiver o Sheik, tem o Jorge Henrique, aí entra o Willian, tem o Alex, tem o Danilo. Tem um elenco muito forte”, completou.

Por fim, Valdivia comparou o esquema de jogo da Universidad do Chile com o Corinthians. Segundo ele, os dois times vão muito bem na marcação. A “La U” enfrenta o Boca Juniors na outra semifinal da competição.

Enviado por: Rafael

Veja Mais:

  • Torcida do Corinthians ganhou boa opção de matar saudade da Arena depois da Copa do Mundo

    Corinthians inicia venda de pacotes de jogos na Arena com direito a Libertadores de brinde

    ver detalhes
  • Luigi Gaspar dá seus primeiros passos na carreira de jogador

    Filho de Edu Gaspar assina primeiro contrato com o Corinthians; ex-jogador comemora

    ver detalhes
  • Hector Tapia, treinador do Colo-Colo, durante entrevista ao Meu Timão na cidade de Atibaia

    Estágio no Corinthians com Tite e busca por gols: técnico do Colo-Colo fala ao Meu Timão

    ver detalhes
  • Matheus Pereira, aos 20 anos de idade, teve passagem apagada pelo Paraná

    Ex-joia entra em lista de dispensa do Paraná; parte dos direitos segue com Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes