Sonho corintiano, Pato vê final ao lado de empresário no Pacaembu

Sonho corintiano, Pato vê final ao lado de empresário no Pacaembu

atacante Alexandre Pato, que já foi alvo de interesse do Corinthians ao longo da temporada, aproveitou as férias no Brasil e foi ao Pacaembu para assistir à final da Copa Libertadores, na noite desta quarta-feira.

Sentado nas numeradas ao lado do empresário Gilmar Veloz, o jogador do Milan foi bastante assediado pelos torcedores. Diante dos pedidos para jogar no Corinthians, ele apenas sorria.

Questionado pela GE.Net se ele poderia, de fato, acertar com o clube paulista, Pato apontou para Veloz. O empresário se negou a falar sobre o assunto. 'Vamos ver o jogo', desconversou o representante do atacante, a 20 minutos do início da partida.

Pato tem 22 anos e vem realizado treinos físicos mesmo de férias, segundo ele próprio, à espera da convocação final do técnico Mano Menezes para a Seleção Brasileira que disputará os Jogos Olímpicos de Londres, a partir de julho.

Seu nome entrou na pauta de reforços do Corinthians depois que o clube demitiu o centroavante Adriano. A diretoria chegou a confirmar que se tratava de uma contratação interessante, porém via dificuldade em um acerto com o Milan.

Sonho corintiano, Pato vê final ao lado de empresário no Pacaembu

Fonte: Veja

Veja Mais:

  • Marlone está deixando o Corinthians para atuar no Atlético-MG

    Postura de Marlone no dia a dia fez diretoria do Corinthians aceitar pedido de liberação de agente

    ver detalhes
  • Marlone fica por empréstimo até o final desta temporada

    Corinthians e Atlético-MG acertam troca entre Marlone e Clayton

    ver detalhes
  • Carille perdeu dez opções para o jogo desta quinta

    Corinthians tem dez desfalques para partida contra Red Bull Brasil; veja a lista

    ver detalhes
  • Carille não contou com Marlone no treino desta quarta-feira; jogador está de saída do Corinthians

    Marlone desfalca treino, e Carille escala Corinthians com sete jovens da base contra Red Bull

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes