Cristian vibra com Libertadores e dá prioridade ao Timão se voltar ao Brasil

Cristian vibra com Libertadores e dá prioridade ao Timão se voltar ao Brasil

Cristian deixou o Corinthians há três anos, mas o laço com o clube segue intenso. Muito identificado com a fiel torcida do Timão, o brasileiro sofreu na Turquia para acompanhar os jogos da Taça Libertadores e teve seu esforço recompensado: além de vibrar com o título inédito para o clube, o volante viu as camisas recolhidas por ele na semifinal do torneio ganharem o status de "relíquias".

- Eu vi todos os jogos. Tenho uma admiração e gosto muito do Corinthians. Acompanhei e fiquei muito emocionado, pois era um título que todos queriam. Fiquei feliz, pois a torcida merecia. Minha esposa está no Brasil emoldurando as camisas pra mim. Do jeito que eu peguei, elas foram para o quadro. Vai ficar marcado, pois são os jogadores que entraram para a história do Corinthians. É uma relíquia, ninguém tem. É um troféu que ninguém vai tirar de mim. Depois de passar por Atlético-PR e Flamengo, Cristian ganhou destaque no futebol brasileiro ao fazer parte do elenco corintiano campeão da Copa do Brasil, em 2009. No clube paulista, diz ter sido recebido "de braços abertos" e garante que foi "muito feliz". Por isso, apesar de não pensar em voltar ao Brasil imediatamente, o volante dá preferência ao Timão no caso de um retorno ao futebol nacional.

- Eu tenho contrato aqui, então tenho que cumprir. Mas lógico que um dia quero voltar. Sem dúvidas a preferência é pelo Corinthians, pois tive uma trajetória muito boa ali, sempre me trataram muito bem e gosto do clube. Mas também sou profissional, tenho família e a gente tem que escolher a melhor proposta – apontou Cristian, que é casado com Camila e tem dois filhos.

Saída do Fla traz mágoa à tona

Questionado por que teve tanta identificação com o Corinthians, mas não com o Flamengo, Cristian dá a entender que teve sua trajetória no Rubro-Negro interrompida. Durante o Brasileirão de 2008, o jogador perdeu espaço no elenco de Caio Júnior e, então, foi negociado com o Timão.

- Na verdade, eu tinha muita identificação com o Flamengo, até o Caio Júnior chegar e optar por não me querer no grupo. Isso me deixou muito chateado, não com o Flamengo, mas com o treinador. Fui feliz no Flamengo, também. A única coisa é que o Caio Júnior não me queria.

Penteado inusitado vem de família

Depois de ter contato direto com as duas maiores torcidas do Brasil, Cristian rumou para a Turquia e lá também vestiu a camisa de um grande clube: o Fenerbahçe. Depois de conquistar o Campeonato Turco em 2011, o volante ajudou a equipe a alcançar o título da Copa da Turquia na última temporada e se destacou com alguns belos gols na campanha. Por isso, se diz feliz com o momento.

- Acho que a temporada que passou foi uma das melhores da minha carreira, sim. Com tudo o que aconteceu lá no clube, acho que vivo um bom momento. Fui campeão da Copa da Turquia, que o clube não conquistava há 30 anos e fiquei muito feliz - disse o brasileiro, que marcou um golaço na decisão do torneio.

Além dos belos gols, Cristian também chamou a atenção pelo penteado inusitado que adotou durante a última temporada. Acostumado a atuar com o cabelo bem curto ou raspado, o volante passou a usar um "black-power", inspirado em seus familiares.

- Pensei em deixar o cabelo crescer pra tampar um pouco a careca, evitar o frio. Meu pai tem cabelo black. Eu acho legal e deixei pra ver como ficava. Gostei, minha família gostou. Meu filho também tem cabelo igual ao meu. Agora eu pretendo ficar com ele por algum tempo. Agora que estou curtindo de verdade - que lembra do carinho da torcida, que chegou até a usar perucas em sua homenagem.

Cristian vibra com Libertadores e dá prioridade ao Timão se voltar ao Brasil

Fonte: Globo Esporte

Veja Mais:

  • Michel (à esq.) e o sobrinho foram ao Maracanã naquele 23 de outubro

    Terceiro corinthiano solto no Rio desabafa: 'Fui pra ver o jogo, não pra brigar'

    ver detalhes
  • Torcedores na Arena poderão adicionar patch da Chapecoense em camisas

    Loja da Arena irá personalizar grátis camisas em homenagem à Chapecoense

    ver detalhes
  • Corinthians já definiu profissionais que devem permanecer e ser negociados

    Isaac, Mendoza, Oswaldo... Confira quem chega e quem sai do Corinthians

    ver detalhes
  • É tudo política, estúpido!

    [Marco Bello] É tudo política, estúpido!

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes