Corinthians cria projeto para aplicativos de smartphones e tablets

Corinthians cria projeto para aplicativos de smartphones e tablets

Por Meu Timão

5.1 mil visualizações 13 comentários Comunicar erro

Alguns dos aplicativos que serão lançados nos próximos meses

Alguns dos aplicativos que serão lançados nos próximos meses

O Corinthians lança um projeto de aplicativos para smartphones e tablets como plataforma de mídia. O clube fechou contrato para desenvolver e comercializar o patrocínio de aplicativos do Clube com o núcleo de novos negócios do empresário e publicitário Carlos Perrone.

O primeiro aplicativo em desenvolvimento, o Corinthians Oficial, trará conteúdo exclusivo sobre as principais atividades do time e muito entretenimento. Já, o segundo será dedicado à Arena Corinthians, estádio em construção na região de Itaquera, em São Paulo, onde acontecerá a partida de abertura da Copa do Mundo de 2014. Neste projeto, o grupo de Perrone firmou uma parceria com a empresa .Mobi.

"Os aplicativos para smartphones e tablets são plataformas únicas para marcas se relacionarem com seus públicos. E, neste caso específico, patrocinadores poderão se beneficiar de forma especial do potencial que 30 milhões de torcedores reconhecidamente apaixonados representam", comenta Perrone.

Fonte: Proxxima

Veja Mais:

  • Corinthians e Chapecoense voltam a se enfrentar, desta vez pela Copa do Brasil

    TV Globo transmite para dois estados jogo decisivo entre Corinthians e Chapecoense

    ver detalhes
  • Placas publicitárias da Arena Corinthians renderão ao menos R$ 12 milhões por ano

    Corinthians fecha acordo independente de R$ 12 milhões pelas placas publicitárias da Arena

    ver detalhes
  • João Celeri assinou contrato com o Corinthians

    Após desistir de Juninho, Corinthians contrata atacante do Botafogo para Sub-20

    ver detalhes
  • Romero marcou o único gol da partida de ida; Timão tem vantagem mínima por vaga nas semifinais

    Corinthians tenta afastar crise e se classificar às semifinais da Copa do Brasil; saiba tudo

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes