Diretoria do Palmeiras será cobrada pelo prejuízo no Pacaembu

Diretoria do Palmeiras será cobrada pelo prejuízo no Pacaembu

Mais do que a amarga posição na tabela do Brasileirão, a derrota para o Corinthians, domingo, pode custar caro ao cofre do Palmeiras. Isso porque ainda nesta terça-feira o administrador do estádio do Pacaembu, Mauro Castro, deverá notificar e cobrar o clube pelas cadeiras que foram quebradas no clássico.

Responsáveis pela manutenção do Municipal ainda estão avaliando o tamanho do estrago para poder enviar ao Palmeiras, que como mandante, deve assumir os gastos.

– O pessoal da manutenção está vendo isso e amanhã (hoje) o Mauro Castro, diretor do Pacaembu, passará mais informações. A conta vai para o Palmeiras – afirmou Daniela, uma das atendentes.

Pouco antes de a partida terminar, torcedores de uniformizadas, que estavam nas arquibancadas, invadiram o setor das numeradas e tentaram invadir o camarotes, onde estava o presidente Arnaldo Tirone e o vice Roberto Frizzo.

Até a noite da última segunda-feira, a CBF ainda não havia divulgado a súmula da partida. A tendência é que o árbitro Marcelo Aparecido tenha relato a confusão. Com a venda de ingressos, o Palmeiras obteve a renda de quase R$ 500 mil no domingo.

Fonte: Lancenet

Veja Mais:

  • Internacional foi alvo de gafe da Fifa

    Fifa comete gafe, troca escudo do Internacional e põe foto do Corinthians no lugar

    ver detalhes
  • Guilherme foi o destaque da atividade coletiva pelo segundo dia consecutivo

    Dupla volta, e Oswaldo vê time titular brilhar em treino do Corinthians; veja a escalação

    ver detalhes
  • Sanchez denunciou também que Odebrecht abriu portas da Arena a repórteres, para mostrar 'somente o que quer'

    Andrés Sanchez se pronuncia sobre auditoria da Arena e critica Corinthians

    ver detalhes
  • Wagner pode reforçar o Corinthians em 2017

    Agente explica situação de Wagner e diz ter acerto contratual com Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes