Jogadores do Timão pedem aplausos para o amigo Liedson

Jogadores do Timão pedem aplausos para o amigo Liedson

Atletas não escondem carinho por Liedson

Atletas não escondem carinho por Liedson

Foto: Rafael Neddermeyer / Agência O Dia

Aplausos. É assim que os jogadores do Corinthians acreditam que a torcida se comportará quando o nome de Liedson for anunciado pelo placar eletrônico do Pacaembu. Quando o atacante pisar no gramado, mesmo vestindo a camisa do Flamengo, a expectativa é que o torcedor alvinegro grite seu nome.

'Ele merece ser aplaudido. Ele fez parte da campanha histórica da Libertadores e do Brasileirão. É um dos heróis e tem uma grande identificação com o clube e o torcedor. Antes dele sair, mesmo quando estava no banco e vivendo uma fase não muito boa, o torcedor gritava por ele. É um ídolo', afirmou o goleiro Cássio em conversa com o MARCA BRASIL.

Se a reação da Fiel só será descoberta na hora do jogo, uma outra postura já é certa. Antes da bola rolar, Liedson receberá o carinho dos ex-companheiros. Todos que conviveram com o Levezinho darão um forte abraço, pois o ex-camisa 9 era adorado pelo grupo.

'Ele saiu pela porta da frente, campeão. Ele nos ajudou muito no Brasileirão do ano passado. É um cara querido por todo o grupo', disse Paulo André.

A amizade é tamanha que antes da saída de Liedson a diretoria corintiana viveu uma saia justa. Sem entrar em acordo com o jogador nos termos da renovação contratual, o clube decidiu pela sua liberação. No entanto, um grupo de jogadores se reuniu e procurou os dirigentes. Em uma reunião, os atletas pediram que o clube fizesse um esforço para segurar o atacante até o Mundial, em dezembro. O pedido não foi atendido por ordem do presidente Mario Gobbi.

O bom relacionamento com todo o elenco, que era identificável durante seu jejum de gols, quando todos tentavam servi-lo, rendeu uma despedida em grande estilo. Liedson não foi apenas ao CT e pegou suas coisas. Ele organizou uma festa.

'Ele fez um churrasco na casa dele para todos os jogadores. Fomos lá para nos despedir, era um grande amigo. Foram jogadores, esposas e amigos', revelou Cássio.

A verdade é que, desde a saída de Liedson, Tite sofre para encontrar um homem de área. Paolo Guerrero foi contratado para substitui-lo, mas só disputou oito partidas por causa de lesões e convocações para defender o Peru. Mesmo com um desempenho irregular, virou titular. Elton acabou liberado pelo clube e está no Vitória. Adilson, que veio do XV de Piracicaba, ainda não fez gols pelo clube, e Tite prefere improvisar Danilo em vez de colocá-lo.

Liedson, por sua vez, ainda não se firmou como titular do Flamengo. Nesta quarta-feira, por sinal, deve começar no banco de reservas, mas a zaga corintiana garante que estará atenta.

Reportagem de André Pires e Felipe Piccoli

Fonte: Marca Brasil

Veja Mais:

  • Wladimir será o mais novo colunista do Meu Timão

    Herói de 77 será colunista do Meu Timão

    ver detalhes
  • Dudu revelou que jogadores do Palmeiras tinham conhecimento de confusão feita pelo árbitro no clássico

    Atacante palmeirense diz por que não avisou árbitro de erro em expulsão de Gabriel

    ver detalhes
  • Jadson treinou nesta quinta-feira e não será problema para final no Moisés Lucarelli

    Jadson volta, e Carille ensaia escalação do Corinthians para primeira decisão do Paulista

    ver detalhes
  • Fiel esgotou bilhetes colocados à venda no Fiel Torcedor

    Em menos de uma hora, torcida do Corinthians esgota ingressos para decisão do Paulista

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes