Viola diz que sofreu abuso de autoridade

Viola diz que sofreu abuso de autoridade

Viola ficou retido por três dias

Viola ficou retido por três dias

O ex-jogador Viola afirmou em entrevista ao programa Domingo Espetacular, da Rede Record, que foi vítima de abuso de autoridade em sua prisão no último dia 5 de outubro, motivada por desobediência, posse ilegal de arma de fogo e ameaça de violência doméstica. A última acusação feita pela sua mulher Andreza Nunes.

De acordo com Viola, ele não tinha nenhum conhecimento do caso e foi surpreendido pela chegada do oficial de Justiça em sua casa. O ex-jogador ainda revelou que a mulher dizia que o amava, mas mesmo assim deixou a residência do casal e voltou com os policias, que o intimidaram com uma arma.

“Estamos descendo os três [Viola e os dois filhos]. Eu com o meu filho de cinco anos no colo e quando estava no meio da escada, eu me deparo com uma arma. Ai a minha filha, que também é uma criança, ela tem 17 anos, gritou: ‘moço, tem criança aqui’. O policial falou desce que você pode estar armado. Eu falei: ‘eu estou com um filho de cinco anos no colo, como você pode levar um tiro, quem pode levar um tiro somos nós”, contou.

Viola ficou preso por cinco dias na Cadeia Pública de Carapicuíba e diz que não conseguiu dormir e comer durante esse período.

“Não tomava o café. O café eu dava para os companheiros de cela, porque eu não tinha fome. Cinco dias sem dormir. Sem condições de dormir, porque uma cela com dez, 15 pessoas, não tem cama, não tem travesseiro, tem que deitar um para lá e outro cá”, relata.

O ex-jogador ainda espera uma resposta da mulher e acredita que ela vai ligar para saber como estão as coisas, e principalmente, como está a filha de 17 de anos de Viola, que acompanhou todo o tumulto.

Emocionado com a distância do filho, Viola afirma que vai enfrentar todos os desafios e afirma: “O meu sorriso não vão me tirar”.

Fonte: UOL

Veja Mais:

  • Carille comandou o treino do Corinthians deste sábado, no CT Joaquim Grava

    Pablo treina, e Carille define escalação do Corinthians contra o Atlético-GO

    ver detalhes
  • Clayson foi relacionado pela primeira vez no Corinthians

    Com estreia de Clayson e Pablo, Corinthians relaciona 22 contra Atlético-GO

    ver detalhes
  • Roberto (à esq.) está pessimista por negócio com Cicinho

    Roberto de Andrade esclarece especulações, vê Cicinho distante e abre o jogo sobre Nenê

    ver detalhes
  • Nenê foi oferecido nos últimos dias para a diretoria do Corinthians

    Nenê é oferecido ao Corinthians; até troca com dois jogadores alvinegros é sugerida

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes