Treinador de Anderson Silva reclama de St-Pierre e descarta Belfort e Jon Jones

Treinador de Anderson Silva reclama de St-Pierre e descarta Belfort e Jon Jones

Coordenador técnico do CT de MMA do Corinthians e treinador de jiu-jitsu de Anderson Silva, o mestre Ramon Lemos está insatisfeito com as recentes declarações do campeão dos meio-médios do UFC, Georges St-Pierre. O canadense impôs uma série de condições para encarar o ‘Spider’ em uma superluta e disse que o confronto só acontecerá quando ele desejar.

“Sem tirar o mérito do St-Pierre, por quem tenho admiração, um atleta de nome, campeão há muito tempo, mas o Anderson Silva está acima disso tudo. Ele é o maior do mundo, um exemplo para todos, e o GSP não está ainda no nível do Anderson a respeito desse sucesso. Era o Anderson quem deveria escolher como vai ser a luta. É uma luta que me agrada, então fico aguardando uma decisão”, afirmou Ramon Lemos, em entrevista ao site da revista TATAME.

Caso a superluta contra St-Pierre não aconteça, Ramon Lemos já tem alguns nomes em mente para enfrentar Anderson Silva no ano que vem. “Eu tinha o nome de quatro possíveis adversários para o Anderson, incluindo o GSP. Vou ficar no aguardo de três lutadores: Michael Bisping, Chris Weidman e Tim Boetsch. Deram o Belfort para o Bisping, o Weidman se machucou e não sei como ficará a situação do Boetsch (que enfrentaria Weidman no UFC 155). Talvez a gente tenha que esperar essa rodada toda para ver o que acontece. Sendo assim, só veremos o Anderson lutar de novo no fim de 2013, ainda mais por ele vir de duas lutas seguidas”.

Ramon Lemos também explicou porque não colocou Vitor Belfort na lista de possíveis postulantes ao cinturão dos médios. “Eu não vejo Belfort como próximo desafiante, pois é uma luta que já aconteceu. Queria muito ver o Anderson lutar com quem ele ainda não enfrentou”.

Para a decepção dos fãs de MMA, o treinador se mostrou contra uma superluta entre Anderson Silva e Jon Jones. “Não vejo vantagem para ele subir de categoria. A categoria dele é até 84kg, é onde ele se acha, mantém a performance, fica forte e veloz”.

Fonte: SuperEsportes

Veja Mais:

  • Jadson deve ser opção a partir da próxima quarta-feira, dia 1

    Jadson confirma que se colocou à disposição para enfrentar o Palmeiras e crava jogo da reestreia

    ver detalhes
  • Fellipe Bastos, à direita, deve retornar ao time; Léo Jabá é dúvida

    Corinthians terá ao menos uma mudança na escalação para encarar Palmeiras

    ver detalhes
  • Sanchez e Roberto de Andrade seguem aliados na política do Corinthians

    Fortalecido após veto do impeachment, Andrés Sanchez cogita voltar à presidência do Corinthians

    ver detalhes
  • Roberto de Andrade assumiu presidência do Corinthians em fev/2015 e segue até fev/2018

    Conselheiros barram votação do impeachment, e Roberto de Andrade segue presidente do Timão

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes