Tite revela que o Corinthians é o clube que ele mais queria treinar quando estava fora do país

Tite revela que o Corinthians é o clube que ele mais queria treinar quando estava fora do país

Tite disse que transição do Boca era lenta, que seria explorada pelos corintianos

Tite disse que transição do Boca era lenta, que seria explorada pelos corintianos

Foto: Fernando Donasci/UOL

O técnico Tite disse que não desejava treinar outra equipe que não fosse o Corinthians. Disse que almejava isso desde que foi demitido pela primeira vez, no início de 2005.

"O time que eu olhava e falava 'quero voltar' era o Corinthians. Quando recebi o convite, estava a cinco jogos para disputar o Mundial [pelo Al-Wahda, em 2010] eu avisei a família. E eles sabiam que eu queria voltar", disse Tite durante a sabatina realizada pela Folha/UOL no Teatro Folha, em São Paulo.

"Era a reação por um trabalho incluso. Não é vaidade. Orgulho próprio? Talvez. Tenho muitos defeitos, mas não tenho esse defeito. Eu queria voltar, tinha algo a mais. Sentimento a gente não explica", acrescentou Tite.

O treinador gaúcho falou também sobre a ideia de ficar no Corinthians por mais de uma década --como foi sugerido por Juca Kfouri, colunista da Folha, que citou Alex Ferguson, técncio do Manchester United.

"Não, não penso, porque não é da cultura do futebol brasileiro", disse o treinador.

Ele retornou ao clube em 2010 para dirigir o time por oito jogos. Desde então venceu o Brasileiro-2011 e a Libertadores-2012. Antes treinou o time em 2004 e 2005, quando recuperou a equipe no Nacional-2004, mas caiu após derrota para o São Paulo no Estadual-2005.

Fonte: Folha de São Paulo

Veja Mais:

  • Corinthiano Luidy é o novo reforço do Figueirense

    Anunciado por clube da Série B, Luidy agradece Corinthians

    ver detalhes
  • Timão e Caixa não chegaram a acordo pela renovação

    Corinthians recebe ofertas, mas pode permanecer sem patrocínio master na decisão; veja imposições

    ver detalhes
  • Fagner não corre risco de perder finais do Paulistão

    Julgamento de Fagner por suposta agressão no Majestoso acontecerá só após finais do Paulistão

    ver detalhes
  • Jadson, com a 10, fez um dos gols contra a Universidad de Chile na Arena

    Corinthians vai devolver camisa 10 a Jadson; utilização na decisão ainda é incógnita

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes