Guilherme trata o jogo de ontem como normal e celebra a vitória Corinthiana

Guilherme trata o jogo de ontem como normal e celebra a vitória Corinthiana

Por Larissa Emanuelle

630 visualizações 24 comentários Comunicar erro

Guilherme foi protagonista na vitória contra o Flamengo

Guilherme foi protagonista na vitória contra o Flamengo

Foto: Daniel Augusto/ Agência Corinthians

A vitória do Corinthians ontem não convenceu a todos, mas foi suficiente para se despedir do Pacaembu em grande estilo. Durante toda a semana que antecedeu o jogo deste domingo, o Timão organizou a festa em homenagem à "saudosa maloca". Guilherme, autor do primeiro gol do Corinthians na partida e no campeonato, exaltou a vitória e deixou de lado a "última partida no estádio Paulo Machado de Carvalho".

"A gente trabalhou para um jogo normal. Sabia da festa, mas não pensava nisso". Afirmou o jogador.

Mesmo deixando para trás a emoção e comoção do jogo de ontem, Guilherme parabenizou a torcida e falou em vitória justa:

"Todo mundo sabe da qualidade da torcida. Mais que merecida a vitória".

O próximo jogo do Corinthians será pela Copa do Brasil, nesta quarta-feira (30), contra o Nacional-AM. Já pelo Campeonato Brasileiro, o Timão enfrentará a Chapecoense fora de casa, no dia 4 de maio.

Veja Mais:

  • Gustavo Mosquito, de 21 anos, chega ao Corinthians ainda em setembro

    Corinthians já tem data para chegada e destino inicial definidos de atacante do Coritiba

    ver detalhes
  • Jair manteve a formação escolhida no treino desta quarta-feira

    Jair mantém formação do Corinthians sem centroavante e indica equipe para enfrentar o Internacional

    ver detalhes
  • Sheik promoverá pelada beneficente de despedida do Timão na Arena

    Corinthians e Emerson Sheik acertam jogo de despedida na Arena

    ver detalhes
  • Após vitória em 2015, Corinthians provocou rival deste domingo com mensagem no telão na Arena

    Daria uma série! Relembre 5 episódios que amplificaram rivalidade entre Corinthians e Internacional

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes