Corinthians vence o clássico contra o Palmeiras e assume a liderança do Paulistão

995 visualizações 0 comentários

Por Meu Timão

Jorge Henrique comemorando gol sobre o Palmeiras

Jorge Henrique comemorando gol sobre o Palmeiras

A espera corintiana acabou. E foi de maneira sofrida, na raça. Depois de ficar mais de três anos sem ganhar do maior rival, o torcedor alvinegro pôde finalmente comemorar o fim do jejum de vitórias contra o Palmeiras neste domingo. Movido por uma grande atuação do goleiro Felipe, o time de Mano Menezes superou a equipe alviverde por 1 a 0, no Pacaembu, e assumiu a liderança do Campeonato Paulista.

De volta ao estádio municipal após dez anos, o dérbi contou com todos os atrativos tradicionais do confronto: lances polêmicos, jogadas de efeito e muito nervosismo. No fim, valeu o poder de superação do Corinthians, que segurou o resultado com um jogador a menos durante quase todo o duelo – Roberto Carlos foi expulso aos 8min da etapa inicial, e Cleiton Xavier recebeu o vermelho aos 42min do segundo tempo.

“Perdemos um jogador muito cedo. Por isso, foi muito importante a luta de todo mundo. Brigamos até o fim e seguramos o resultado. Podemos comemorar”, exaltou o meia Danilo. “Trabalhamos de maneira correta e treinamos a bola parada. Os mais altos ocupam os espaços e os outros se esquecem de mim”, completou Jorge Henrique, autor do gol de cabeça alvinegro.

Com o triunfo, o Corinthians atingiu os 11 pontos, agora na liderança do Estadual. O Palmeiras, por outro lado, sofreu sua primeira derrota na temporada e ficou mais afastado da ponta, ainda com oito pontos.

“Fizemos aquilo que foi pedido e criamos as chances, mas o Felipe fez grandes defesas. O empate seria mais justo por tudo o que aconteceu, mas acontece”, lamentou o zagueiro Danilo.

Sem contar com Léo e Diego Souza, vetados momentos antes do jogo, Muricy Ramalho optou por uma formação mais defensiva, com três volantes. Mas quando a partida começou, o time alviverde teve problemas para conter os avanços rivais pelas alas. Melhor para o Corinthians, que se aproveitou de um desses lances para abrir o placar aos 6min, com Jorge Henrique, após cobrança de falta de Tcheco.

Quando parecia que o clássico seria totalmente dominado pela equipe alvinegra, o Palmeiras viu a partida tomar um rumo diferente. Dois minutos após o gol, Roberto Carlos cometeu falta por trás em Joãozinho e recebeu o cartão vermelho, o que empurrou o time alviverde para o ataque.

Com Ralf improvisado na lateral esquerda, o Corinthians recuou após a expulsão, mas segurou bem os avanços adversários. Aos 28min, Muricy optou pela entrada de Daniel Lovinho no lugar de Gualberto e deixou Cleiton Xavier centrado na armação das jogadas. E apesar de criar boas chances, incluindo um gol anulado do camisa 29, o Palmeiras precisou se contentar com o placar inalterado até o intervalo.

“Estamos tocando bem a bola e chegando perto do gol. Só falta finalizar um pouco mais”, comentou o atacante Robert. “Recuamos porque eles têm um time muito técnico e é normal, mas podemos encaixar um contra-ataque e ampliar”, opinou Iarley a caminho do vestiário.

Atrás no marcador, os visitantes mantiveram o ritmo no início da etapa final. Com mais de 60% da posse de bola, o Palmeiras trocou muitos passes ao redor da área alvinegra, mas seguiu com problemas para passar pelo goleiro Felipe, com uma série de grandes defesas.

Os visitantes aumentaram a pressão conforme o jogo se aproximava do apito final. Porém, falharam nas finalizações e ainda perderam Cleiton Xavier, expulso aos 42min por reclamação. Depois disso, o clube alvinegro só precisou seguir com a força na marcação para comemorar a vitória.

Agora, as duas equipes voltam as atenções para a disputa da sexta rodada do Paulista no meio da semana. O Corinthians vai até Campinas enfrentar a Ponte Preta na quarta-feira, enquanto o Palmeiras recebe a Portuguesa no Palestra Itália um dia depois.

Fonte: UOL

Veja Mais:

  • Corinthiano, Danilo Avelar pretende encerrar carreira no Timão

    Avelar projeta aposentadoria no Corinthians e exalta 'amor de infância' pelo clube

    ver detalhes
  • Live do Meu Timão: o futuro dos jogadores emprestados pelo Corinthians

    VÍDEO: Live do Meu Timão: quem volta ao Corinthians entre os jogadores emprestados?

    ver detalhes
  • Pelo Corinthians, Luizão disputou 109 jogos e anotou 76 gols

    Luizão defende retorno do futebol e vê Corinthians 'muito diferente' do Palmeiras: 'É mais paixão'

    ver detalhes
  • Diretor financeiro corintiano, Matías Ávila, confirmou possíveis saídas de profissionais da base e do futebol feminino

    Diretor financeiro do Corinthians confirma possíveis demissões sem jogos na base e feminino

    ver detalhes
  • A absurda diferença do Corinthians para São Paulo, Flamengo e Vasco nas reprises da TV Globo

    VÍDEO: A absurda diferença do Corinthians para São Paulo, Flamengo e Vasco nas reprises da TV Globo

    ver detalhes
  • Eventos esportivos ainda estão vetados nas novas medidas de São Paulo

    Governo de São Paulo prolonga quarentena, mas adota 'retomada consciente' de algumas atividades

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Se o Roberto Carlos não fosse expulso, o Corinthians ganharia de quanto?

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!