Pedrinho aponta principal dificuldade do Corinthians no Dérbi

Pedrinho aponta principal dificuldade do Corinthians no Dérbi

Por Meu Timão

5.6 mil visualizações 65 comentários Comunicar erro

Pedrinho entrou no início do segundo tempo do duelo com o Palmeiras

Pedrinho entrou no início do segundo tempo do duelo com o Palmeiras

Foto: Rodrigo Gazzanel/Ag. Corinthians

O meia-atacante Pedrinho, que foi a campo nos minutos iniciais do segundo tempo a fim de substituir Vital, apontou qual foi a maior dificuldade enfrentada pelo Corinthians no tropeço por 1 a 0 diante do Palmeiras, neste sábado. Tendo ido ao gramado quando o resultado já indicava a vantagem ao rival, o garoto ressaltou o gol sofrido ainda aos sete minutos de bola rolando.

"O que mais dificultou foi ter tomado um gol no início do jogo, atrapalhou o nosso estilo de jogo, e no momento que foi expulso um de cada lado, prejudicou mais a gente porque estávamos correndo atrás do resultado. Eles estavam bem postados atrás, estava difícil de penetrar na linha deles", contou, na zona mista da Arena de Itaquera.

Além de se preocupar com reversão do placar, que coloca o Timão atrás na busca pelo título do bicampeonato paulista, o camisa 38 tem outra questão a pensar. Como Clayson foi expulso após se envolver em confusão com Felipe Melo e, portanto, fica fora da grande final, Pedrinho pode ser escolhido por Carille como seu substituto.

Leia também: Clayson tem média inferior à do juiz e é eleito pior em campo em derrota do Corinthians

"O Clayson é um cara que vai fazer muita falta. Pelo drible, velocidade, tudo, então tenho certeza que se o Carille for me utilizar vou dar o meu melhor, para poder atuar, fazer a mesma função que ele", resumiu.

O corinthiano também comentou o fato do clássico, tido como 'Dérbi da década', ter sido bem faltoso. Dez cartões amarelos foram distribuídos pelo árbitro Leandro Bizzio Marinho, sendo seis deles para o time da Barra Funda e os outros quatro para os donos da casa. Além, é claro, dos vermelhos aplicados a Clayson e Felipe Melo.

"A gente tem de estar preparado para tudo. Foi um jogo pegado, onde os dois lados tiveram muitos amarelos. Fica um jogo muito correria, onde a falta é um dos critérios para poder parar a jogada. Mas fico feliz de fazer parte de um jogo grande como esse, numa final."

O duelo decisivo entre Corinthians e Palmeiras acontece no próximo domingo, dia 8, às 16h, no Allianz Parque. E Pedrinho está otimista: "É um placar que dá para reverter. Vamos trabalhar na semana para ver o que o Carille vai fazer na semana", encerrou.

Veja mais em: Pedrinho, Dérbi, Campeonato Paulista e Clayson.

Veja Mais:

  • Timão pode erguer troféu da Liga Ouro já na sexta-feira, na casa do São José

    Corinthians vence batalha com quatro prorrogações e fica a uma vitória do título da Liga Ouro

    ver detalhes
  • Maioria dos titulares de Loss já completou sétimo jogo no BR; Cássio e Fagner, sequer seis

    Doze corinthianos já completaram sete jogos no Brasileirão; veja quem ainda pode se transferir

    ver detalhes
  • Caetano tem 18 anos e estava no Botafogo

    Corinthians acerta contratação de zagueiro indicado por Barroca, técnico do Sub-20

    ver detalhes
  • Léo Jabá tem contrato de cinco temporadas com o FC Akhmat Grozny

    Jabá encaminha transferência à Grécia, e Corinthians pode ganhar mais de R$ 4 milhões

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes