Cássio garante confiança em título do Corinthians e explica caminhos para pegar pênaltis

Cássio garante confiança em título do Corinthians e explica caminhos para pegar pênaltis

Por Meu Timão

3.1 mil visualizações 47 comentários Comunicar erro

Goleiro foi herói da classificação corinthiana à final

Goleiro foi herói da classificação corinthiana à final

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Com a derrota por 1 a 0 na primeira partida da final do Paulistão, o Corinthians precisa, fora de casa, reverter o placar para ficar com mais um título. Apesar do cenário desfavorável, o clima é de confiança no elenco alvinegro. Pelo menos é isso que garante o goleiro Cássio, escolhido novamente para ser capitão na decisão.

"Nossa confiança está lá em cima. Dentro de campo é 11 contra 11. Lógico que gosto de ser campeão na nossa casa, na frente da nossa torcida, e infelizmente não pode ter ninguém lá, mas é indiferente se o jogo é na casa do rival. Vamos nos manter concentrados", disse, em entrevista ao GloboEsporte.com.

"Com certeza vai estar lotado o estádio, como o nosso estava. A torcida vai empurrá-los, mas estamos concentrados. Se lá é o único lugar que a gente pode ser campeão, é onde a gente vai tentar ser campeão", completou.

Leia também:
Torcedores rivais se rendem à Fiel: 'Que aula está fazendo a torcida do Corinthians'; confira
Nenhum policial militar trabalhou na incrível festa da Fiel no treino na Arena Corinthians

Para garantir o título, o Timão precisa bater o rival Palmeiras por dois ou mais gols de diferença. Há, no entanto, a possibilidade de pênaltis, em caso de triunfo simples por um único gol de vantagem. Nas semifinais, contra o São Paulo, esse foi o roteiro. E Cássio, o herói. O arqueiro tem crescido nas penalidades máximas e explica por que.

"No começo me rotulavam como um goleiro que não pegava pênaltis. Pô, eu fazia um estudo. Chegava na hora eu ia para o canto, e o cara batia no outro (risos). Então acho que tem que ter um pouco de feeling do momento, percepção de jeito que o cara ajeita a bola", analisou.

"Tento estudar o jogador, não gosto de estudar na véspera do jogo, estudo um pouco antes, senão você fica muito nos pênaltis e não se concentra no jogo. Mas tenho visto como o jogador se posiciona. Tem jogador que na corrida mostra se vai bater cruzado ou no outro canto. Tento ver essas pequenas coisas", concluiu.

O confronto decisivo pelo Paulistão acontece neste domingo, às 16h, no Allianz Parque. Sem poder marcar presença na partia, a torcida do Timão fez bela festa motivacional no treino da equipe nessa sexta, na Arena.

Veja mais em: Cássio, Dérbi e Campeonato Paulista.

Veja Mais:

  • Roger marcou o segundo gol corinthiano no duelo deste domingo

    Corinthians vira nos acréscimos, mas ainda leva gol de empate e tropeça no Vitória

    ver detalhes
  • Corinthians empatou com o Vitória em 2 a 2 nesta rodada

    Concorrentes tropeçam, e Corinthians abre leve distância para Z4; veja classificação

    ver detalhes
  • Ralf foi eleito craque da partida no entendimento dos torcedores do Corinthians

    Veteranos são eleitos 'craques' do Corinthians no Barradão; Avelar beira nota zero

    ver detalhes
  • Jadson foi autor do primeiro gol do Corinthians contra o Vitória, em Salvador

    Jadson reconhece situação desconfortável do Corinthians no Brasileiro e lamenta 'gols dados'

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes