Guia de tour do Allianz Parque faz piada infeliz com corinthiano; veja vídeo

Guia de tour do Allianz Parque faz piada infeliz com corinthiano; veja vídeo

94 mil visualizações 189 comentários Comunicar erro

Um vídeo que está circulando nas redes sociais e em grupos de WhatsApp tem causado indignação de torcedores do Corinthians. Nele, um dos guias do tour do Allianz Parque, estádio do Palmeiras, faz uma piada infeliz relacionando um torcedor alvinegro a ladrões.

Em um dos acessos do estádio, o guia está de frente para os participantes do tour e pergunta se, entre o grupo, há algum corinthiano. Alguns palmeirenses respondem que não, dizendo que não tem ladrão ali. Uma pessoa, porém, revela ser corinthiana. O guia, então, vira para outro funcionário e diz: "Então, só precisamos de um segurança. Vamos separar você em outra fila", para delírio dos demais presentes, que caem na gargalhada.

E essa não é a única menção ao Corinthians durante o passeio. Na sequência, em outro ambiente, mais precisamente na arquibancada superior, o guia conta uma história fictícia aos participantes do tour. Ele diz para eles imaginarem que Egídio, ex-lateral do Palmeiras que era criticado pelos torcedores e agora está no Cruzeiro, é jogador do Corinthians.

O guia, então, diz que o Palmeiras enfrentará Egídio na Libertadores (clube mineiro está na competição sul-americana) e, como terceiro passo da história fictícia, pede que todos gritem "chupa, gambá!". Pedido esse que é feito de maneira bem enfática, com direito a "vamos fazer esse grito com força, com raiva e sangue nos olhos, para chegar lá em Itaquera", local da Arena Corinthians. O pedido é atendido e acontece o grito dos participantes - veja abaixo.

A reportagem do Meu Timão entrou em contato com a assessoria de imprensa da WTorre, responsável pelo Allianz Parque, pedindo um posicionamento sobre o ocorrido. No comunicado, a empresa diz ser contra qualquer discriminação e informa que o tour é controlado por uma empresa parceira.

"O Allianz Parque lamenta o ocorrido e destaca que prioriza em suas ações o respeito aos direitos humanos, considerando inaceitável qualquer tipo de discriminação, seja ela racial ou de outra natureza. A operação do tour é controlada por uma empresa parceira, que irá avaliar o caso e tomar as medidas necessárias para que situações como essa não voltem a acontecer", informou a WTorre.

Veja mais em: Dérbi e Torcida do Corinthians.

Veja Mais:

  • Resta apenas o acerto dos jogadores com seus novos clubes para selar o negócio

    Corinthians e Atlético-MG se acertam por troca de atacantes; jogadores aceitam conversar

    ver detalhes
  • Uendel pode acertar retorno para o Corinthians em breve

    Empresário confirma que Corinthians deve acertar retorno de Uendel em janeiro

    ver detalhes
  • Ramiro assinou com o Corinthians nesta quinta-feira e é o quinto reforço para 2019

    Novo reforço do Corinthians, Ramiro se aproxima de Jadson e Luan em estatísticas do Brasileirão

    ver detalhes
  • Corinthians jogou boa parte da temporada sem estampa no espaço principal do uniforme

    Otimismo do Corinthians com patrocínio contrasta com fracasso inédito desde era Kalunga

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes