Corinthiano Carille fala de reencontro com ex-clube e enaltece dois ex-treinadores

14 mil visualizações 23 comentários

Muito antes de se tornar treinador do Corinthians, Carille dava passos no Paraná Clube

Muito antes de se tornar treinador do Corinthians, Carille dava passos no Paraná Clube

Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians

Atual bicampeão paulista e campeão brasileiro como técnico do Corinthians, Fábio Carille está prestes a reencontrar uma equipe que defendeu ainda na época em que era jogador: o Paraná Clube, adversário do Timão na manhã deste domingo, às 11h, na Vila Capanema, em Curitiba, pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro.

Leia também: Corinthians encara Paraná escalado com três mudanças; confira

Em falas enviadas à reportagem do Meu Timão via assessoria de imprensa, Carille festejou o reencontro com o ex-clube. Pelo Paraná, como jogador, ele atuou nos anos de 1996, 1997 e 2002.

"Vejo esse meu retorno à Vila Capanema com muita alegria. Toda vez que vou a Curitiba e à Capanema relembro muitas coisas. Ano passado jogamos contra o Coritiba e treinamos na Vila Capanema. Funcionários da minha época ainda... Um momento de grandes lembranças", comentou, antes de listar: "Foram três passagens. Campeonato Paranaense de 96, Brasileiro de 97 e Brasileiro de 2002. Recordações imensas, muitos amigos, período ótimo da minha carreira."

Antes de dar seus primeiros passos como auxiliar-técnico, Carille defensor: atuava tanto como zagueiro quanto como lateral-esquerdo. Não é de se espantar, portanto, que suas principais recordações de ensinamentos sejam a respeito da linha de quatro defensiva. Ao descrever tais momentos, o treinador corinthiano rasgou elogios a dois ex-técnicos com quem trabalhou na Vila Capanema:

"O Paraná foi muito importante na minha formação como atleta. Em 96 trabalhando com Antônio Lopes e (Sebastião) Lazaroni, quando aprendi muito. Não tive tantos trabalhos táticos até chegar ao Paraná Clube. Esses dois profissionais me ensinaram muito, principalmente posicionamento da linha de quatro", disse, antes de finalizar: "Sou muito grato ao Paraná, que me abriu as portas, e me sinto abençoado por ter trabalhado com esses dois profissionais que me ajudaram muito a seguir minha carreira."

Se por um lado Carille engatou trabalhos como auxiliar-técnico no Barueri e no Corinthians antes de ser efetivado como treinador no próprio Timão, vale também citar as trajetórias dos "professores" do ex-defensor: Antônio Lopes era gerente de futebol do Botafogo até o ano passado, enquanto Lazaroni passou a última década trabalhando no futebol do Catar.

Veja mais em: Fábio Carille e Campeonato Brasileiro.

Veja Mais:

  • Academia da Neo Química Arena será de responsabilidade da Red Fit; parceria antiga com Anderson Silva deixa o clube

    Corinthians faz parceria com rede de academias, que assume instalações do clube e do estádio

    ver detalhes
  • Otero voltará a ser desfalque do Corinthians para defender a seleção venezuelana

    Otero volta a ser convocado para as Eliminatórias da Copa e desfalca Corinthians no Brasileirão

    ver detalhes
  • Corinthians volta a treinar no Centro de Treinamento Dr. Joaquim Grava

    Corinthians inicia preparação para Copa do Brasil com treino em dois períodos; veja provável time

    ver detalhes
  • Ao fundo da foto, WiBX estampa as placas de publicidade da Fazendinha

    Corinthians tem novo patrocinador para equipe feminina de futebol; parceria é exibida desde quarta

    ver detalhes
  • Hypera Pharma comprou os naming rights do estádio corinthiano em setembro

    Dona dos naming rights do estádio do Corinthians, Hypera Pharma atinge maior receita da história

    ver detalhes
  • Gabi Nunes retornou aos gramados no último mês de agosto; atacante havia rompido o ligamento do joelho

    Elenco competitivo, retorno aos gramados e sonho olímpico: Gabi Nunes fala ao Meu Timão

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: