Corinthians é quarta força na Copa do Brasil? Fagner ri: 'Se repetir, falem o que quiser'

11 mil visualizações 23 comentários

Por Lucas Faraldo e Rodrigo Vessoni, no CT Joaquim Grava

Fagner falou nesta sexta-feira no CT Joaquim Grava

Fagner falou nesta sexta-feira no CT Joaquim Grava

Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Com a definição dos quatro semifinalistas da Copa do Brasil, a sexta-feira em solo nacional foi de repercussão dos classificados e projeção dos embates que devem acontecer em setembro. Nas redes sociais e em programas de televisão, há quem diga que o Corinthians é a quarta força (mais uma vez). E já tem jogador do Timão falando sobre o assunto...

Escolhido pelo clube para conceder entrevista coletiva nesta sexta-feira, no CT Joaquim Grava, por conta de sua convocação para a Seleção Brasileira, Fagner foi questionado sobre o tal estigma de quarta força, que acabou ironicamente embalando o título paulista de 2017. Com direito a risada no início da resposta, o lateral falou em repetição do roteiro:

"Se repetir, podem falar o que quiser. Nosso trabalho é desenvolver dentro de campo, fazer nosso papel. É difícil estar ali, são os quatro grandes do Brasil e todos têm condições de conquistar o título. Jogo de mata-mata não tem como prever quem é favorito. São equipes de tradição, grandes no futebol brasileiro. Serão jogos difíceis", apontou o camisa 23.

Fagner, aliás, pode perder a primeira partida do Corinthians contra o Flamengo na Copa do Brasil. Isso porque o último dos amistosos da Seleção está marcado para a provável véspera do duelo - ainda não há confirmação por parte da CBF. O lateral do Timão preferiu não cravar nem sua ausência nem uma eventual tentativa de retorno às pressas para o jogo.

"A viagem pode ser longa, a gente não sabe o que pode acontecer, tem risco de lesão... Às vezes você pensa que dá e aí se machuca, perde mais jogos. É uma situação que tem que ser vista com cautela lá na frente, não dá pra falar agora pois não sabemos o que vai acontecer", declarou.

Mais cedo, o presidente flamenguista, Eduardo Bandeira de Mello, reclamou da convocação de Tite - o clube deve perder Lucas Paquetá para o primeiro confronto contra o Corinthians.

"Vendo pelo lado do empregador, é uma situação difícil, dá pra entender. Mas, muitas vezes, é uma oportunidade única na vida do atleta. É uma situação delicada, não sou eu quem tem que falar", argumentou Fagner.

Veja mais em: Fagner e Copa do Brasil.

Veja Mais:

  • Giuliano será apresentado pelo Corinthians nesta quarta-feira

    Corinthians marca apresentação virtual de meia Giuliano; saiba mais

    ver detalhes
  • Giuliano completa nesta terça-feira exatos 100 dias sem entrar em campo; meia-atacante entrou em campo pela última vez no longínquo dia 25 de abril, quando atuou pelo Basaksehir, da Turquia

    Giuliano completa exatos 100 dias sem jogar; reforço do Corinthians se prepara para estreia

    ver detalhes
  • Jacinto Antônio Ribeiro, o "Jaça", conselheiro vitalício do clube, e pivô de conflito com Brazil nas últimas semanas; Márcio Bittencourt, ex-jogador e ex-treinador da base do clube

    Desentendimento na base do Corinthians separa Sub-23 das demais categorias; entenda

    ver detalhes
  • Sylvinho tem 16 jogos no comando do Corinthians, com mais derrotas (seis) do que vitórias (quatro), além de seis empates; saldo de gols também é negativo (12x16) e o aproveitamento é de 37,5%

    Pressão sobre Sylvinho aumenta no Corinthians; dois fatores jogam a favor do treinador

    ver detalhes
  • Ousado chegou ao Corinthians Free Fire em janeiro

    Técnico do Corinthians Free Fire abre o jogo sobre a saída de Ousado

    ver detalhes
  • Bloqueio é referente a valores não pagos à Federação das Associações de Atletas Profissionais

    Corinthians tem quase R$ 2 milhões bloqueados pela Justiça por dívida com programa social

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia:

x