Corinthians já tem data para chegada e destino inicial definidos de atacante do Coritiba

Corinthians já tem data para chegada e destino inicial definidos de atacante do Coritiba

125 mil visualizações 496 comentários Comunicar erro

Gustavo Mosquito, de 21 anos, chega ao Corinthians ainda em setembro

Gustavo Mosquito, de 21 anos, chega ao Corinthians ainda em setembro

Divulgação / Julia Abdul-Hak

O Corinthians já tem uma data para a chegada de Gustavo Mosquito, atacante de 21 anos, que está no Coritiba e já tem pré-contrato assinado com o Timão até o fim de 2021. A reportagem do Meu Timão apurou que o jogador é esperado no CT Joaquim Grava no próximo dia 29 de setembro.

Está definido também que o jogador será emprestado logo na sequência para um clube do interior de São Paulo, provavelmente uma das 27 agremiações que, neste momento, disputam a Copa Paulista - inscrições nas Séries A, B e C do Campeonato Brasileiro já estão encerradas.

A decisão de emprestá-lo até o fim do ano, como não poderia ser diferente, tem como objetivo a de manter o jovem com ritmo de jogo. A diretoria do Corinthians acredita que seria prejudicial para o jogador ficar três meses no CT sem perspectiva de entrar em campo.

Leia também:
Corinthians libera manifestações políticas, mas se exime de responsabilidade
Relembre 5 episódios que amplificaram rivalidade entre Corinthians e Internacional

Como mostrou recentemente o Meu Timão, a chegada de Gustavo Mosquito se encaixa dentro do planejamento do Timão de ter um elenco para o ciclo 2019/2022. Tanto que 12 jogadores foram contratados para a equipe Sub-20 nos últimos meses e sete foram trazidos para a equipe principal. Isso sem falar nos nove atletas com 23 anos ou menos que já faziam parte do elenco principal - outros sete estão emprestados para outros clubes.

A chegada de Gustavo Mosquito foi possível devido a decisão de seu estafe de não renovar contrato com o Coritiba. O jogador e seus agentes chegaram a acionar a Justiça para a rescisão antecipada do contrato, sob alegação de atrasos de salários e do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS).

O pedido foi negado e Mosquito teve de esperar até o fim de setembro para se desvincular do clube paranaense, que o teve em suas categorias de base desde os nove anos, mas nunca deu chances na equipe profissional. No início de 2018, a nova diretoria do Coritiba ofereceu um contrato de três anos ao atleta, com vencimentos de R$ 30 mil no primeiro ano, R$ 40 mil no segundo e R$ 50 mil no terceiro. O jogador rejeitou a proposta.

Mosquito é representado pela Elenko Sports, empresa de Fernando Garcia que tem ótima relação com a diretoria do Corinthians. Walter, Caíque França, Vilson, Danilo Avelar, Renê Júnior e Roger são representados pela empresa, além de outros que passaram recentemente como Guilherme Arana, Marciel, Malcom, Léo Jabá, Lucca, Cleber, André, Uendel, Rildo e Carlinhos.

Confira lances e gols de Gustavo Mosquito na base do Coritiba

Veja mais em: Mercado da bola, Diretoria do Corinthians e Gustavo Mosquito.

Veja Mais:

  • Ramiro possui contrato com Grêmio até 2021; Timão contatou pai do atleta

    Corinthians consulta pai de Ramiro, do Grêmio, e mostra interesse no meia

    ver detalhes
  • Reunião do Conselho do Corinthians aconteceu no Parque São Jorge

    Conselho do Corinthians se reúne e aprova previsão orçamentária de 2019; Rosenberg causa irritação

    ver detalhes
  • Corinthians e São Paulo se enfrentaram pelas quartas de final da Copa RS

    Corinthians é derrotado pelo São Paulo nos pênaltis e dá adeus à Copa RS de 2018

    ver detalhes
  • CT da Base já está sendo utilizado pelas equipes sub-15, sub-17 e sub-20; gramados estão prontos

    Corinthians define duas etapas de finalização das obras do CT da base; orçamento é de R$ 25 milhões

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes