Corinthians muda uniforme em homenagem a vítimas do pior ataque antissemita dos EUA

Corinthians muda uniforme em homenagem a vítimas do pior ataque antissemita dos EUA

Por Meu Timão

44 mil visualizações 87 comentários Comunicar erro

Massacre antissemita vitimou onze pessoas em Pittsburgh, cidade mais populosa do estado da Pensilvânia

Massacre antissemita vitimou onze pessoas em Pittsburgh, cidade mais populosa do estado da Pensilvânia

Reprodução/@CNN

O Corinthians entrará em campo no domingo, diante do Botafogo, com nomes diferentes estampados no uniforme dos atletas. O clube homenageará as onze vítimas do pior ataque antissemita da história dos Estados Unidos, ocorrido no último sábado (27), na cidade de Pittsburgh.

Cada jogador titular do Corinthians carregará às costas o nome de um dos judeus assassinados na sinagoga norte-americana Árvore da Vida. O principal suspeito do massacre é um homem chamado Robert Bowers, que entrou no prédio portando um fuzil e três pistolas. Após disparar contra os judeus, ele trocou tiros com a polícia e acabou baleado.

Os atletas reservas do Timão carregarão na camisa a nomenclatura de povos que já sofreram com grandes genocídios. São eles: armênios, guatemaltecos, sérvios, ruandeses, namibianos, curdos, ciganos, timorenses, bengaleses, gregos e cambojanos.

Leia também: Corinthians promove edição da Hamburgada do Bem no Parque São Jorge

A imprensa dos EUA já classifica o ataque antissemita (ódio ou discriminação contra judeus) como o pior da história do país. O suspeito, que teria gritado “todos os judeus devem morrer” no momento do ato, está preso. Ele responde a 29 acusações criminais.

O Corinthians mede forças com o Botafogo no domingo, às 17h, no Engenhão, pela 32ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Confira os judeus que serão homenageados pelo Timão

Rose Mallinger*
Joyce Fienberg
Richard Gottfried
Jerry Rabinowitz
Cecil Rosenthal
David Rosenthal
Bernice Simon
Sylvan Simon
Daniel Stein
Melvin Wax
Irving Younger

*Rose Mallinger estará na camisa de Cássio, capitão. Ela tinha 97 anos de idade e havia sobrevivido ao holocausto.

Veja mais em: Camisa do Corinthians e Campeonato Brasileiro.

Veja Mais:

  • Jogador fez duas temporadas pelo time baiano antes de ir para a Arábia

    Corinthians acerta contratação de meia que trabalhou com Carille na Arábia

    ver detalhes
  • Jogadores que não atuaram diante do Avenida-RS treinaram no CT Joaquim Grava

    Corinthians se reapresenta no CT; Carille esboça time reserva para encarar o Botafogo-SP

    ver detalhes
  • Cássio falou com a reportagem do Meu Timão na tarde desta quinta no CT

    Ao Meu Timão, Cássio analisa primeiro gol do Avenida-RS; goleiro enaltece reação da equipe

    ver detalhes
  • Rosenberg foi duramente questionado por conselheiros do clube

    Conselheiros do Corinthians enviam carta para Andrés com críticas a Rosenberg; leia na íntegra

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes