Atacante emprestado pelo Corinthians é pivô de denúncias de irregularidade na Série B

Atacante emprestado pelo Corinthians é pivô de denúncias de irregularidade na Série B

Por Meu Timão

19 mil visualizações 75 comentários Comunicar erro

Formado no Timão, Vasconcelos está no São Bento desde julho; empréstimo termina em dezembro

Formado no Timão, Vasconcelos está no São Bento desde julho; empréstimo termina em dezembro

Reprodução/Instagram

Emprestado pelo Corinthians ao São Bento, Gabriel Vasconcelos é, ainda que sem culpa alguma, pivô de um imbróglio que tem dado o que falar na Série B do Campeonato Brasileiro. Dois clubes adversários alegam que o time de Sorocaba contratou o jovem jogador de maneira irregular.

Tanto Paysandu como Sampaio Corrêa se baseiam no Art. 7º do Regulamento Específico da Competição, que limita a cinco o número de reforços de uma mesma equipe provenientes de oponentes da Série B. Gabriel Vasconcelos seria a sexta contratação do São Bento e, portanto, estaria atuando de forma irregular.

Na semana passada, o Paysandu, 18º colocado, protocolou denúncia a respeito do caso no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD). O Sampaio Corrêa, vice-lanterna, fez o mesmo na última terça. O clube maranhense entende que o São Bento tem de ser punido com a perda de até 15 pontos por ter utilizado o atacante corinthiano em cinco partidas da competição nacional até o momento.

“Entendemos que houve um artifício para burlar o Regulamento Específico da competição, que impede um clube de receber mais de cinco atletas de outros clubes da Série B. O atleta, a nosso ver, participou de cinco jogos de forma irregular e isso precisa ser punido”, afirmou o diretor jurídico do Sampaio Corrêa, Perez Paz, ao portal GloboEsporte.com.

“Nessa reta final, uma posição na classificação pode ser fundamental para nossa permanência na Série B”, acrescentou o dirigente.

O que diz o regulamento

Art. 7º - Um atleta poderá ser transferido de um clube para outro durante o Campeonato, desde que tenha atuado em um número máximo de seis partidas pelo clube de origem, sendo permitido que cada atleta mude de clube apenas uma vez.

Parágrafo único - Cada clube poderá receber até cinco atletas transferidos de outros clubes do Campeonato da Série B; de um mesmo clube da série B somente poderá receber até três atletas.

Outro lado

A diretoria do São Bento assegura que não houve nem há qualquer irregularidade na utilização de Gabriel. A agremiação sorocabana crê que o atacante fora devolvido ao Corinthians pela Ponte Preta (último time) antes de ser contratado por empréstimo – de tal forma, Vasconcelos não seria o nome excedente denunciado por Paysandu e Sampaio Corrêa.

O STJD deve se pronunciar sobre o caso nos próximos dias.

Mais cedo, o Meu Timão divulgou relatório exclusivo sobre todos os 26 atletas profissionais emprestados pela equipe do Parque São Jorge. Clique aqui para conferir.

Veja mais em: Jogadores emprestados e STJD.

Veja Mais:

  • Marquinhos Gabriel ainda não definiu qual será o seu destino em 2019

    De volta ao Corinthians, Marquinhos Gabriel desperta interesse de mais três clubes

    ver detalhes
  • Jonathas não é mais jogador do Corinthians

    Corinthians devolve Jonathas ao Hannover e antecipa fim do empréstimo

    ver detalhes
  • Corinthians agora pode perder Romero de graça após o meio do ano

    Livre para firmar pré-contrato, Romero segue com futuro indefinido no Corinthians; relembre situação

    ver detalhes
  • Manoel chegou em São Paulo na tarde desta terça-feira

    Manoel desembarca para assinar e mostra ansiedade em vestir a camisa do Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes