Após década de Botafogo, técnico do Corinthians projeta reencontro e faz alerta

4.9 mil visualizações 26 comentários

Por Meu Timão

Jair Ventura tem bagagem de dez anos como ex-técnico do Botafogo

Jair Ventura tem bagagem de dez anos como ex-técnico do Botafogo

Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

O técnico Jair Ventura, do Corinthians, falou nesta sexta-feira, em entrevista concedida no CT Joaquim Grava, sobre o reencontro com o clube que o projetou ao futebol. Entre as mais diversas funções, o treinador passou quase dez anos como funcionário do Botafogo.

"Enfrentar o Botafogo será diferente, sentimento não posso falar porque não aconteceu nunca. Clube que me formou como treinador, tenho um carinho enorme, fui auxiliar, analista de desempenho, treinador do Sub-20, interino duas vezes até ser efetivado. Nove anos e 11 meses. O carinho gigante que tenho pelo clube, que me formou como jogador e como homem, vai ser gostoso reencontrar", comentou o hoje comandante corinthiano.

Leia também: Jair enfrenta Botafogo pela primeira vez após saída; reencontro com outro ex-clube não foi bom

Corinthians e Botafogo se enfrentam a partir das 17h deste domingo, no estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro, pela 32ª rodada do Campeonato Brasileiro. O Timão é atualmente o 11º colocado com 39 pontos. Os cariocas ocupam a 15ª posição com 35 - a um do Z4.

"Precisamos da vitória e vamos em busca dela. Botafogo está buscando seu objetivo, treino aberto, estão fazendo isso como final, queremos dar tudo em campo, com força máxima, vamos encarar assim até o final, diante do Grêmio, na última rodada", alertou Jair Ventura, se referindo ao treinamento com torcedores botafoguenses marcado para este sábado.

"Difícil jogar contra o Botafogo na sua casa, vem sendo muito forte em casa. Vamos lutar pra quebrar o tabu (oito anos sem Corinthians ganhar deles no Rio)", ainda acrescentou.

Por fim, Jair Ventura ainda repercutiu a temporada complicada pela qual vem passando o Botafogo, que já teve como técnicos Felipe Conceição, Alberto Valentim, Marcos Paquetá e, atualmente, Zé Ricardo. O treinador corinthiano nega vantagem do Corinthians - que também já teve outros dois comandantes em 2018 (Fábio Carille e Osmar Loss).

"Não vejo vantagem, lá mudou bastante, quatro treinadores em nove meses, mudou bastante lá, cada um implementa coisas diferentes, não levo vantagem alguma", finalizou.

Veja mais em: Jair Ventura e Campeonato Brasileiro.

Veja Mais:

  • Bruno Méndez e Lucas Piton durante o último treino do Corinthians antes da final do Paulista

    Corinthians finaliza preparação para decisão do Paulista; veja provável escalação contra Palmeiras

    ver detalhes
  • Segredo do Corinthians de Tiago Nunes e antecipação da venda de Carlos Augusto | #RMT

    VÍDEO: Segredo do Corinthians de Tiago Nunes e antecipação da venda de Carlos Augusto | #RMT

    ver detalhes
  • Cássio concedeu entrevista coletiva no início da tarde desta sexta-feira no CT Joaquim Grava

    Cássio celebra entrada no seleto grupo dos 10 jogadores que mais atuaram pelo Corinthians

    ver detalhes
  • Fagner e Ramiro durante a final do Paulistão 2020

    [Publi] Apostadores apontam Palmeiras como favorito, mas Corinthians vai em busca do tetra

    ver detalhes
  • Carlos pode rumar ao futebol italiano nos próximos dias, após o fim do Paulistão

    Portal italiano diz que Monza espera Carlos ainda neste mês para exames; dirigente admite interesse

    ver detalhes
  • Pedrinho publica foto com camisa do Benfica após chegar em Portugal nesta sexta-feira

    Ex-Corinthians, Pedrinho chega em Portugal para se apresentar ao Benfica

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: