Corinthians abre treino a uma semana da estreia na Copinha 2019; veja como foi atividade

Corinthians abre treino a uma semana da estreia na Copinha 2019; veja como foi atividade

Por Vinícius Souza e Vinícius Almeida, no Parque São Jorge

5.9 mil visualizações 39 comentários Comunicar erro

Imprensa foi convidada a acompanhar treino preparatório do Sub-20 para Copinha

Imprensa foi convidada a acompanhar treino preparatório do Sub-20 para Copinha

Vinícius Almeida/Meu Timão

O Sub-20 do Corinthians realizou na tarde desta quarta-feira, na Fazendinha, mais um treinamento voltado à disputa da Copa São Paulo de Futebol Júnior 2019, principal competição de base do país e que começa já na semana que vem. A fim de chamar a atenção do torcedor, o clube abriu as portas do Parque São Jorge à imprensa, que pôde acompanhar de perto o trabalho conduzido pelo técnico Eduardo Barroca.

Com relação à escalação-base do Corinthians, Barroca evitou mostrar quais atletas devem iniciar a partida contra o Ricanato, do Tocantins, primeiro oponente. Ele separou o elenco em dois grupos: zagueiros e laterais em um lado do campo; no outro, volantes, meias e atacantes.

Os defensores repetiram exercícios de bola aérea, como cruzamentos laterais, escanteios e faltas. Já os demais jogadores focaram em trabalhos específicos de triangulação e finalização. Destaque para o centroavante Nathan, que teve bom aproveitamento nos arremates e recebeu elogios da comissão técnica.

Barroca aproveitou o dia também para fazer diversos testes. Assim, é possível somente ter uma noção do time que estará em campo na quarta-feira que vem, às 21h30, no Estádio Novelli Júnior, em Itu:

  • Diego, Igor, Ronald, Caetano, Lucas Piton; Du, Roni e Fabricio Oya; Fessin, Janderson e Nathan.

Leia também:
Barroca elogia Carille, aguarda primeira conversa e prevê 'sinergia' entre Sub-20 e profissional
Primeiro adversário do Corinthians na Copinha tem até Hazard de Tocantins; veja curiosidades

Em entrevista coletiva concedida antes da atividade, o técnico corinthiano falou da pressão colocada sobre os atletas. O Timão, afinal de contas, é o maior vencedor da Copinha, com dez títulos em 18 finais. Soma-se a isso a visibilidade do torneio, maior vitrine para o futebol de base no Brasil.

“A Copa São Paulo é uma competição muito importante nas tradições do clube. Joguei muitas vezes contra o Corinthians (como técnico do Botafogo) e tenho a real ciência disso. A gente espera corresponder a essa expectativa, a esse aumento de visibilidade, e nosso grande objetivo é mostrar à torcida do Corinthians os jovens que, num futuro muito próximo, podem estar servindo à equipe profissional, que é o objetivo primário do nosso trabalho”, explicou Barroca.

O Corinthians integra o Grupo 17 da Copa São Paulo, ao lado de Ituano, Sinop-MT e do próprio Ricanato, contra quem estreia. Todos os jogos da chave serão realizados em Itu, no interior de São Paulo.

Barroca deu poucas pistas sobre provável escalação do Timãozinho

Barroca deu poucas pistas sobre provável escalação do Timãozinho

Vinicius Almeida/Meu Timão

Veja mais em: Corinthians Sub-20, Base do Corinthians, Parque São Jorge e Copinha.

Veja Mais:

  • Corinthians voltou a vencer após duas derrotas seguidas

    Com gol 'na raça', Corinthians bate o Bahia e entra no G4 do Campeonato Brasileiro

    ver detalhes
  • Timão somou pontos importantes na tabela

    Corinthians dorme no G4 após vitória suada contra o Bahia; veja classificação

    ver detalhes
  • Pedrinho deu assistência decisiva para vitória do Timão

    Com assistência decisiva, Pedrinho é melhor em campo para a Fiel; novidade na escalação é o pior

    ver detalhes
  • Carille minimizou momento de cobrança no CT Joaquim Grava

    Carille brinca com protestos de organizada no CT do Corinthians: 'Estou com moral com eles'

    ver detalhes

Comente a notícia: