Jadson revela incômodo com momento do Corinthians e pede agressividade contra Racing

Jadson revela incômodo com momento do Corinthians e pede agressividade contra Racing

Por Vinícius Souza e Lucas Faraldo, no CT Joaquim Grava

23 mil visualizações 226 comentários Comunicar erro

Um dos pilares da equipe de Carille, Jadson quer Timão aceso nos primeiros 90 minutos da decisão

Um dos pilares da equipe de Carille, Jadson quer Timão aceso nos primeiros 90 minutos da decisão

Rodrigo Coca/Ag. Corinthians

Jadson quer um Corinthians agressivo em campo na noite desta quinta-feira, na Arena, contra o Racing (ARG), pela Copa Sul-Americana. Em entrevista coletiva concedida nesta quarta à tarde, no CT Joaquim Grava, o camisa 10 do Timão projetou o confronto de ida da primeira fase e admitiu que o momento da equipe não é bom.

Leia também: Com Romero e sem Urso, Conmebol confirma lista de inscritos do Corinthians para Copa Sul-Americana

De acordo com o meio-campista, a evolução apresentada pelo Timão até aqui está longe da considerada ideal, o que tem incomodado a ele e aos demais companheiros de elenco e membros da comissão técnica.

“Isso tem incomodado o grupo todo, a comissão, os torcedores. Já tem um tempo, são oito jogos e a equipe ainda não caminhou. Mas a gente vem trabalhando para que melhore. Para os novos jogadores é questão de entrosamento, é preciso paciência. Isso é bom para o grupo, para a comissão (a chegada de reforços). Temos que encontrar o caminho das vitórias jogando bem o mais rápido possível”, declarou Jadson.

Leia também: Corinthians precisa repetir fato raro na temporada para evitar 'déjà vu' na Sul-Americana; entenda

Fato é que o Corinthians precisará mostrar bom futebol se quiser avançar à segunda fase da Sul-Americana. O time de Fábio Carille tem pela frente o líder da atual Superliga Argentina. A equipe de Eduardo Coudet, porém, perdeu o clássico diante do River Plate (ARG) disputado no domingo passado, fora de casa – o primeiro revés da agremiação em cerca de três meses.

“A equipe deles é já formada, liderando o campeonato argentino, vai ser um jogo duro, a equipe deles é entrosada e nós estamos buscando o aperfeiçoamento nos jogos. Nos últimos dois deixamos a desejar, mas estamos trabalhando para que melhore. Que a gente faça um bom jogo e consiga a vitória para retomar a confiança para as competições que teremos”, disse o armador.

Questionado sobre qual postura o Timão deve adotar para esta primeira partida, em Itaquera, Jadson é direto: “Agressiva, dentro de casa a gente tem que se impor, com a bola conseguir triangulações, se aproximar, não deixar a equipe deles à vontade na nossa casa. E fazer um bom jogo, estamos precisando de uma vitória novamente para ganhar confiança para os próximos jogos”, completou.

Corinthians e Racing medem forças nesta quinta, às 21h30, na Arena, pela ida da primeira fase. O segundo e decisivo embate está marcado para o próximo dia 27, em Avellaneda, na Argentina.

Veja mais em: CT Joaquim Grava, Jadson e Copa Sul-Americana.

Veja Mais:

  • Jogador fez duas temporadas pelo time baiano antes de ir para a Arábia

    Corinthians acerta contratação de meia que trabalhou com Carille na Arábia

    ver detalhes
  • Jogadores que não atuaram diante do Avenida-RS treinaram no CT Joaquim Grava

    Corinthians se reapresenta no CT; Carille esboça time reserva para encarar o Botafogo-SP

    ver detalhes
  • Cássio falou com a reportagem do Meu Timão na tarde desta quinta no CT

    Ao Meu Timão, Cássio analisa primeiro gol do Avenida-RS; goleiro enaltece reação da equipe

    ver detalhes
  • Rosenberg foi duramente questionado por conselheiros do clube

    Conselheiros do Corinthians enviam carta para Andrés com críticas a Rosenberg; leia na íntegra

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes