Roger revela que não esperava deixar o Corinthians, mas descarta mágoa e exalta amor pelo clube

3.9 mil visualizações 45 comentários

Por Vitor Chicarolli e Rodrigo Vessoni

Roger deixou Corinthians em janeiro e acertou com o Ceará

Roger deixou Corinthians em janeiro e acertou com o Ceará

Felipe Santos/Divulgação/Ceará

Roger voltou a Arena Corinthians pela primeira vez desde que deixou o clube e certamente não se esquecerá tão cedo deste dia. Isso porque, o camisa 9 foi autor do único gol da partida, na derrota corinthiana para o Ceará. O ex-jogador do Timão havia começado o confronto no banco de reservas, mas entrou na reta final da segunda etapa.

Ao fim da partida, antes de falar sobre sua atuação, Roger fez questão de ressaltar a qualidade de Fábio Carille. Na sequência, desabafou dizendo que foi pego de surpresa com sua saída do Corinthians, mas reforçou seu amor pelo clube e carinho pelos dirigentes.

"Eu convivi com ele (Carille), e aprendi o futebol de uma forma diferente. Ele corre com a equipe e eu acho isso o máximo nele. A gente se abraçou bastante ali no começo, sou grato a ele. Mostrar o que poderia, todos querem. Eu queria ter permanecido no começo do ano, foi me prometido que eu ficaria até o final do Paulista, eu sonhei em cima de umas conversas. Mas não sai triste, nem frustrado", disse.

"O que vale é a boa conversa, e foi, uma conversa de amigo. Vilson, Sheik, Duílio, são caras que eu amo, são amigos, então foi bem legal. Chegaram e disseram que eu poderia sair, que seria legal para mim procurar outro clube, mas me deram a chance de ficar também, não ia ser inscrito mas podia ficar no grupo. Eu já tinha a proposta do Ceará, era boa, e foi isso que aconteceu, sem mágoa, sem nada, só deixei amigos do outro lado", acrescentou.

Leia também:
Derrota contra o Ceará encerra terceira maior sequência invicta do Timão na década
Corinthians não suporta pressão após expulsão de Cássio e avança com derrota na Copa do Brasil

Ao todo, Roger fez 26 jogos pelo Corinthians e marcou apenas cinco gols. Foi contratado em abril de 2018 e tinha contrato válido até o fim de 2019, mas optou em se transferir para o Ceará no início desta temporada ao ver que não seria aproveitado por Carille. Mesmo assim, o camisa 9 do Ceará não deixa de destacar seu amor pelo Timão.

"Foi a realização de um sonho, eu fiquei feliz de ter jogado no Corinthians. Não foi como eu esperava, com os gols, títulos, eu também sonhava em ter meu nome ou foto com título para daqui uns anos mostrar para meu filho, mas não aconteceu. Isso não me frustra, fui e sou um cara extremamente realizado, consegui o que muitos sonham, que é jogar no Corinthians, defender um dos maiores clubes do Brasil, se não o maior", concluiu.

Veja mais em: Roger e Ex-jogadores do Corinthians.

Veja Mais:

  • Corinthians está definido para encarar o Internacional

    Sem Jô, Corinthians fecha preparação com três trocas para encarar o Internacional; veja escalação

    ver detalhes
  • Lateral Sidcley encerrou sua segunda passagem pelo Corinthians

    Corinthians afasta Sidcley e lateral não atua mais pelo clube do Parque São Jorge

    ver detalhes
  • Paulo Garcia e seus fiéis escudeiros podem ser uma peça chave na eleição presidencial do Corinthians

    Eleição no Corinthians: Garcia vai a evento de Gobbi; Duílio consegue apoio de fiel escudeiro

    ver detalhes
  • A esperança para o Corinthians contra o Internacional (e as coisas que jamais podem se repetir)

    VÍDEO: A esperança para o Corinthians contra o Internacional (e as coisas que jamais podem se repetir)

    ver detalhes
  • Timãozinho venceu o São José e assumiu a liderança no Paulista Sub-20

    Corinthians vence São José pelo Paulista Sub-20 e assume liderança da competição

    ver detalhes
  • Lateral não vinha sendo utilizado no profissional da Ponte Preta

    Sem jogar há oito meses, lateral emprestado pelo Corinthians é rebaixado ao Sub-20 da Ponte Preta

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: