Corinthians envia ofício e avisa: não entra em campo se ônibus for alvejado na chegada ao Morumbi

105 mil visualizações 277 comentários Comunicar erro

Ônibus do Corinthians já foi alvejado mais de uma vez em chegada ao Morumbi

Ônibus do Corinthians já foi alvejado mais de uma vez em chegada ao Morumbi

Reprodução / Twitter

O Corinthians quer dar um basta à recepção hostil ao ônibus alvinegro na chegada ao Morumbi, que virou praxe nos últimos anos nos duelos com o São Paulo. E, para isso, o clube formalizou um aviso: se houver apedrejamento ao veículo neste domingo, a equipe não entrará em campo para a primeira decisão do Campeonato Paulista.

A reportagem do Meu Timão apurou que o Corinthians, por meio de seu departamento jurídico, enviou um ofício para a Polícia Militar, ao promotor Paulo Castilho, à Federação Paulista de Futebol e ao próprio São Paulo. O documento contém o seguinte alerta: não haverá jogo se houver recepção com objetos que coloquem em risco a integridade física dos atletas, membros da comissão técnica e dirigentes.

Leia também:
Andrés Sanchez ignora invencibilidade secular: 'Se jogar como contra o Santos, São Paulo é campeão'
Andrés Sanchez descarta treino aberto do Corinthians antes de clássico: 'Qualquer time faz'

No último Majestoso disputado no Morumbi, válido pelo Brasileirão 2018, o ônibus foi alvejado por pedras e latas de cerveja. O preparador Leandro Idalino e o supervisor André Dias foram os mais prejudicados, já que a janela onde ficavam suas poltronas ficou estilhaçada.

O mesmo ocorreu no penúltimo clássico no estádio, no ano anterior, com o veículo que levou a delegação ao Morumbi mais uma vez bastante hostilizado na chegada. Mais uma vez um vidro foi quebrado.

Corinthians e São Paulo se enfrentam neste domingo, às 16h, pelo primeiro jogo das finais do Campeonato Paulista. O jogo da volta, na Arena, em Itaquera, acontece no próximo domingo, dia 21, no mesmo horário.

Em tempo: na final da Copa Libertadores do ano passado, o Boca Juniors se negou a entrar em campo após o ônibus ser alvejado na entrada do Monumental de Nuñez, já que alguns de seus jogadores foram atingidos por estilhaços de vidro e objetos atirados por torcedores do River Plate. A finalíssima seria disputada na Espanha dias depois.

Veja mais em: Majestoso e Campeonato Paulista.

Veja Mais:

  • Duílio voltou a bancar a permanência de Carille no Corinthians

    Carille tem multa regressiva e segue bancado no Corinthians mesmo em má fase

    ver detalhes
  • Crivelari marcou o primeiro gol do Timão no jogo

    Corinthians supera desfalques, vence chilenas e garante vaga na semifinal da Libertadores Feminina

    ver detalhes
  • Sorteio de grupos do Paulistão 2020 aconteceu nessa terça-feira

    FPF sorteia, e Corinthians conhece seu grupo e adversários do Paulistão 2020; veja como ficaram

    ver detalhes
  • Manoel vive a expectativa de permanecer no Corinthians para 2020

    Davó e Manoel: diretor atualiza situação de chegadas e saídas no Corinthians

    ver detalhes
  • Dirigente acredita na classificação do Corinthians para a Libertadores

    Diretor confia em ida do Corinthians à Libertadores, mas não condiciona chegada de reforços à vaga

    ver detalhes
  • Corinthians de Fábio Carille pode voltar à Libertadores em 2020

    Veja pontuação histórica que Corinthians precisa para ir à Libertadores-2020

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: