Carille reprova atuação de árbitro e questiona uso do VAR; diretor do Grêmio rebate

6.1 mil visualizações 82 comentários

Por Vitor Chicarolli e Rodrigo Vessoni

Fábio Carille chega à Arena Corinthians para duelo contra a Chapecoense, pelo Brasileirão

Fábio Carille chega à Arena Corinthians para duelo contra a Chapecoense, pelo Brasileirão

Danilo Fernandes/ Meu Timão

O Corinthians não teve uma boa atuação no empate sem gols com o Grêmio neste sábado. A situação, porém, poderia ter ficado ainda mais delicada no primeiro tempo, quando o árbitro Marcelo de Lima Henrique marcou um pênalti a favor do time gaúcho. Após o auxílio do árbitro de vídeo, ele voltou atrás.

No lance, o atacante Everton estava com a bola, chutou na mão de Fagner, e o árbitro apontou para a marca da cal. No entanto, depois da anulação, o jogo retornou com bola ao chão para o Corinthians. Fábio Carille achou a decisão equivocada e questionou a decisão do juiz.

"Com certeza (prejudica o andamento da partida). Eu acho o Marcelo um bom árbitro tecnicamente, mas gesticula demais e dá a impressão que quer aparecer mais do que os jogadores”, disse o treinador alvinegro após a partida.

“Há uma coisa que eu quero entender. Vou fazer uma pergunta para vocês: bola é do Grêmio, pênalti para o Grêmio, anula e a bola é do Corinthians? É errado. A bola era do Grêmio. Eu não olho só para o meu time, eu olho para o jogo. Quero até saber para falar para os meus jogadores. Se fosse comigo eu ficaria bravo, não sei o que o Renato falou. É errado. O negócio ainda está estranho, temos que entender”, acrescentou.

Leia também:
CBF volta atrás, e revoga data de jogo decisivo do Corinthians contra o Flamengo
Júnior Urso vê com bons olhos empate contra o Grêmio e comemora retorno ao time do Corinthians
Gustagol fica próximo de retorno, mas segue como desfalque do Corinthians na próxima quarta-feira

Em seguida, Alberto Guerra, diretor de futebol do Grêmio, também contestou a atuação do árbitro, mas ironizou, alegando um suposto favorecimento aos donos da casa. Vale lembrar que todo o time do adversário reclamou intensamente da decisão do Marcelo de Lima Henrique.

"A minha pergunta é: se fosse para o Corinthians, o que ele daria? A gente aceita a interpretação dele, é interpretativo. Agora, a interpretação é se o braço está perto ou não. Cinco centímetros para lá ou para cá. Na minha opinião, foi pênalti. E fico pensando se ele olharia o VAR caso fosse no sentido contrário", questionou.

Veja mais em: Fábio Carille e Campeonato Brasileiro.

Veja Mais:

  • Tcheco permaneceu sob contrato entre os anos de 2010 e 2012, mas atuou pelo clube apenas na primeira temporada, sendo emprestado nas demais

    Justiça do Trabalho define valor de indenização do Corinthians ao ex-meia Tcheco

    ver detalhes
  • Pressão sobre Sylvinho cresceu depois da derrota do Corinthians para o São Paulo, na última segunda-feira

    Duilio banca permanência de Sylvinho mesmo em caso de derrota do Corinthians

    ver detalhes
  • Corinthians caiu para a sétima posição na tabela, mas terá confronto direto na próxima rodada

    Corinthians perde uma posição no Brasileirão após empate do Internacional; veja classificação

    ver detalhes
  • Camisa 11 do Corinthians esteve presente em todo o treinamento desta quinta-feira

    Corinthians tem volta de Renato Augusto e Giuliano em treino; veja provável escalação

    ver detalhes
  • Corinthians bateu a Ferroviária por 1 a 0 no jogo de ida da semifinal do Paulistão Feminino

    Corinthians explica motivo de mandar semifinal do Paulistão Feminino na Arena Barueri; veja nota

    ver detalhes
  • Corinthians TV não pode ser palco de ofensas a Sylvinho e Cássio

    [Andrew Sousa] Corinthians TV não pode ser palco de ofensas a Sylvinho e Cássio

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia:

x