Love compara Corinthians e Flamengo e se anima com a possibilidade de marcar contra o ex-clube

3.0 mil visualizações 40 comentários Comunicar erro

Por Julia Raya e Vitor Chicarolli, no CT Joaquim Grava

Nessa terça, Love pode marcar contra seu ex-clube e ajudar o Corinthians em busca da classificação

Nessa terça, Love pode marcar contra seu ex-clube e ajudar o Corinthians em busca da classificação

Rodrigo Gazzanel/Ag. Corinthians

Nesta segunda-feira, a delegação corinthiana segue rumo ao Rio de Janeiro, onde enfrenta o Flamengo pela Copa do Brasil na próxima terça, às 21h30, no Maracanã. Horas antes de embarcar, Vagner Love atendeu a imprensa no CT Joaquim Grava.

O Corinthians vem em uma boa sequência de vitórias, são quatro seguidas até aqui e precisa triunfar pela quinta vez para passar de fase na competição. Uma vitória simples leva a decisão para os pênaltis e ganhar por mais de dois gols de diferença garante a vaga ao Timão. Love pode ser um nome importante para o clube nesse momento.

Desde que chegou, no início da temporada, Love participou de 30 jogos e marcou cinco gols. Um deles foi na final do Campeonato Paulista, tento essencial para o título corinthiano. Se marcar nessa terça, além de ajudar o Timão a ficar com a vaga, Love vai balançar as redes contra o ex-clube.

“Eu gosto de fazer gol. Minha vida inteira eu sempre gostei. É uma felicidade incrível. Esse ano eu tive a oportunidade de fazer gol na final do Paulista e contra o Racing. São gols que eu guardo comigo. É bom para o ego do jogador, bom para o grupo. Amanhã se eu fizer gol vou ficar muito feliz, minhas famílias e amigos estarão no estádio. Será uma felicidade muito grande se eu marcar”, admitiu o jogador.

Leia também:
Corinthians marca na reta final e vence Palmeiras pela Copa Internacional Sub-16
Love pede atitude para Corinthians deixar Maracanã com vaga e reforça importância de gol rápido

O duelo entre corinthianos e flamenguistas coloca cara a cara as maiores torcidas do Brasil e dois clubes pelos quais Love guarda grande carinho. Hoje defendendo as cores do Timão, o camisa 9 falou sobre a diferença entre as duas equipes.

“São as duas maiores torcidas do Brasil e uma das maiores do mundo. Amanhã (terça-feira) certamente todos vão parecer para você. Eu fico feliz com a oportunidade, claro, se o Fábio Carille me escalar. Tenho um respeito muito grande pelo Flamengo, mas hoje defendo as cores do Corinthians. Quando ninguém apostou, quando ninguém quis, o Corinthians abriu as portas para mim. Espero que amanhã nosso time consiga sair com a classificação”, analisou.

Veja mais em: Vagner Love e Copa do Brasil.

Veja Mais:

  • Janderson, Carlos, Vital e Pedrinho durante conversa com Andrés Sanchez

    Um mês após criticá-los, Carille apostou em 'meninos' suas últimas fichas no Corinthians

    ver detalhes
  • Marllon deve formar dupla com Bruno Méndez no embate com o Cruzeiro no sábado

    Corinthians se reapresenta, e Carille prepara zaga reserva para jogo contra o Cruzeiro

    ver detalhes
  • Corinthians não conseguiu forçar terceiro jogo final no torneio estadual

    Corinthians perde força nos dois últimos quartos e fica com o vice do Paulista de Basquete

    ver detalhes
  • Jogador tem passagens pela Seleção Brasileira

    Zagueiro com passagem pela Seleção Brasileira diz que sonha em jogar no Corinthians

    ver detalhes
  • Torcedor foi agredido em frente à sub-sede da Torcida Jovem por passar pelo local com camisa do Corinthians

    Torcedor do Corinthians é agredido por integrantes de organizada do Santos

    ver detalhes
  • Vic Albuquerque durante comemoração do primeiro gol da vitória corinthiana

    Corinthians supera colombianas na Libertadores Feminina e encaminha vaga para próxima fase

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: