Dupla ressalta experiências adquiridas na Seleção e já foca no próximo jogo do Corinthians

Dupla ressalta experiências adquiridas na Seleção e já foca no próximo jogo do Corinthians

Por Julia Raya e Vitor Chicarolli, no CT Joaquim Grava

1.4 mil visualizações 20 comentários Comunicar erro

Cássio e Fagner atenderam a imprensa nessa quarta-feira

Cássio e Fagner atenderam a imprensa nessa quarta-feira

Vitor Chicarolli/ Meu Timão

Após conquistarem o título da Copa América com a Seleção Brasileira, Cássio e Fagner se reapresentaram nessa quarta-feira no CT Joaquim Grava e concederam entrevista coletiva. A dupla não entrou em campo durante a competição, mas participou de todos os treinamentos.

Quando questionados sobre o título, os dois corinthianos foram bem diretos e não esconderam a importância de integrarem o grupo campeão.

“É legal. São 23 jogadores na Seleção e me sinto tão campeão quanto os outros. Fomos campeões por isso, por respeito. Quem estava jogando ou não o respeito era o mesmo. Conquistar o título da maneira que foi, no nosso país, foi muito bom. Nos esforçamos o máximo diariamente, fizemos nosso melhor para agregar o grupo”, disse o goleiro.

“O fato de não ter vaidade é importante. Um grupo vencedor não se faz apenas com 11 jogadores. Sabemos a importância do treinamento diária, jogando ao lado dos melhores. Conseguimos contribuir da melhor forma possível. Como o Cássio falou, nos sentimos campeões como o restante do grupo. Um título que ficou para nosso currículo e nossa história. Agora é focar no Corinthians e buscar retomar as vitórias”, acrescentou Fagner.

As posições em que atuam os dois corinthianos tiveram fortes concorrências na Seleção. Cássio disputava vaga com Alisson (titular) e Ederson, enquanto Fagner era reserva de ninguém menos que Daniel Alves, eleito melhor jogador do torneio. Apesar da disputa, a concorrência ficava apenas dentro de campo. Fora das quatro linhas, os atletas compartilhavam experiências.

“Fico muito feliz de poder treinar com um cara do tamanho do Alisson. Campeão da Champions e sempre se dedicou. Mesmo eu falo para o Ederson, que é um cara bicampeão da Premier League. Não jogo nas ligas tão faladas quanto as deles, mas eles também perguntavam o que acontecia aqui no Brasil. Rolava uma troca de experiências. É muito legal para nós ver goleiros brilhando na Europa. Fico muito feliz por ele. Sempre foram pessoas legais e caras que considero como exemplo. Voltar a trabalhar com Mauri também foi muito legal. Só do Alisson estar cogitado para levar a bola de ouro é um privilegio” contou Cássio sobre seus momentos com os outros dois goleiros.

“Privilegio. É difícil chegar na Seleção e sair jogando com tantos jogadores bons. Você pega o Dani com 36 anos, é um cara que se dedica muito e treina bastante. Isso serve de lição e aprendizado. A energia contagia. Poder vivenciar com um cara que é multicampeão e viver ao lado de alguém assim ajuda muito. Fico muito feliz de poder presenciar isso tudo com ele. Foi um momento de aprendizado. Alegria imensa de conquistar esse titulo do lado dele”, afirmou o lateral corinthiano sobre sua vivência com Daniel Alves.

De volta ao Corinthians, os jogadores têm outros desafios e dessa vez como titulares. Enquanto defendiam a Seleção, a equipe alvinegra fazia jogos amistoso na intertemporada, mas os resultados não foram os esperados. A partir de agora a realidade é outra.

O grande foco da equipe agora é o Brasileirão. Domingo, o Timão entra em campo contra o CSA, às 16h, na Arena Corinthians. Além da importância para a própria competição (o Timão está em 10º lugar), o jogo é importante para que a equipe se reafirme após os amistosos com atuações abaixo do esperado.

“Sabemos que precisamos dar uma resposta rápido. Temos dois jogos dentro de casa e precisamos conquistar pontos para alavancar na tabela. É aproveitar o fator casa e fator torcida para fazer um grande jogo e buscar a vitória”, disse Fagner sobre o próximo compromisso da equipe.

Veja mais em: Cássio, Fagner, CT Joaquim Grava e Corinthianos na Seleção.

Veja Mais:

  • Estádio ganhou novos espaços destinados ao público VIP

    Com novos camarotes, Arena Corinthians inicia concorrência interna por público VIP

    ver detalhes
  • Corinthians jogou bem, mas ficou no empate com o Flamengo em Itaquera

    Corinthians perde uma posição e termina rodada do Brasileirão no meio da tabela

    ver detalhes
  • Jogador assinou contrato nesta segunda

    Corinthians 'vence' River Plate e fecha com meia colombiano comparado a James Rodríguez

    ver detalhes
  • [Marco Bello] Corinthians deve vender jogadores para fechar orçamento de 2019; diretor revela atraso

    ver detalhes

Comente a notícia: