Com gol no último lance, Corinthians empata com o Juventus em jogo-treino no CT Joaquim Grava

24 mil visualizações 198 comentários Comunicar erro

Matheus Jesus fez o único gol do Corinthians no jogo-treino

Matheus Jesus fez o único gol do Corinthians no jogo-treino

Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

O Corinthians enfrentou o Juventus nesta terça-feira em jogo-treino realizado no CT Joaquim Grava e empatou, pelo placar de 1 a 1. O técnico Fábio Carille aproveitou a oportunidade para realizar alguns testes e aproveitar jogadores que não vinham recebendo oportunidades na equipe principal.

Com um primeiro tempo pouco movimentado, o Corinthians sofreu na criação e não conseguiu criar muitas chances efetivas, tendo como a principal arma o chute de longa distância. Mesmo assim, foi o Juventus que abriu o placar, com gol de Ortigoza aproveitando uma falha de Henrique dentro da área.

Na segunda etapa, o Corinthians voltou com algumas modificações e passou a chegar mais ao ataque, principalmente com Janderson pelo lado direito. Mesmo assim, o gol de empate saiu apenas aos 34 minutos da segunda etapa, com Matheus Jesus praticamente no último lance do jogo.

Escalação

Com a ideia de poupar os titulares que entraram em campo na partida contra o CSA no último domingo, Fábio Carille escalou uma equipe com jogadores reservas e aproveitou para fazer alguns testes.

Dessa forma, a equipe que entrou em campo contra o Juventus era composta por: Walter; Michel Macedo, Bruno Méndez, Henrique e Carlos Augusto; Gabriel, Matheus Jesus, Régis, Mateus Vital, Everaldo e Boselli.

Escalação do Corinthians no jogo-treino contra o Juventus

Meu Timão

O Juventus, por sua vez, estava escalado com: Rafael, Thiaguinho, Diego Sacoman, Robson e Paulo Henrique; Ale, Gabriel, Douglas, Mandacaru e Ortigoza; Gil.

Como foi o jogo

Primeiro tempo

O Corinthians começou o jogo controlando bastante a posse de bola, mas sem conseguir ser efetivo no campo de ataque e trocando muitos passes na defesa, já que o Juventus veio com a ideia de se portar um pouco mais lá atrás.

Nas primeiras movimentações, Mateus Vital e Régis passaram a trocar de posição, alternando entre o meio e os lados do campo e mudando o jogador responsável pela criação principal.

A primeira grande chance veio apenas aos 11 minutos. Após falta sofrida por Matheus Jesus, Régis lançou na área e a bola sobrou para Bruno Méndez. O uruguaio chutou de primeira, mas o goleiro Rafael fez grande defesa para evitar o que seria o primeiro gol do Corinthians.

Quatro minutos mais tarde, Régis deu outro bom lançamento pela esquerda e a bola chegou em Everaldo. O atacante invadiu a área, fintou um zagueiro e tentou cruzar para o meio, mas a defesa do Juventus conseguiu interceptar antes que a bola chegasse em Boselli.

Os minutos seguintes marcaram novamente um Corinthians que procurava o espaço no campo de ataque, mas não era capaz de acertar o último passe e fazer a bola de fato chegar em um jogador com condições para fazer o gol. Dessa forma, as principais chances vinham pelos lados do campo, mas a defesa do Juventus era capaz de interceptar todos os cruzamentos.

E muito de olho no ataque, avançando com as linhas, o Corinthians acabou cedendo uma brecha para o Juventus e sofreu o primeiro gol da partida. Aos 26 minutos, após cruzamento pelo lado esquerdo, Ortigoza aproveitou um escorregão de Henrique e acertou um belo voleio para abrir o placar.

Na frente do placar, o Juventus começou a ter mais espaço e passou a gostar um pouco mais do jogo, tendo também mais posse de bola. Mesmo assim, o Corinthians seguia pressionando e buscava uma oportunidade para empatar o placar.

Sem conseguir entrar na defesa adversária, Gabriel arriscou um chute de fora da área aos 34 minutos, mas pegou muito em baixo da bola e jogou ela por cima do gol adversário. No lance seguinte, Mateus Vital também arrematou de longe e forçou o goleiro Rafael a fazer uma grande defesa e resvalar a bola na trave.

E como era um jogo-treino, a opção é de tempos de apenas 35 minutos. Dessa forma, o árbitro encerrou a primeira etapa logo após a chance criada por Vital.

Segundo tempo

Para a segunda etapa, o técnico Fábio Carille promoveu seis alterações na equipe, mudando um pouco a cara do time. Saíram Walter, Michel Macedo, Gabriel, Régis, Mateus Vital e Everaldo para as entradas de Caíque França, João Victor, Renê Júnior, Jadson e Janderson.

Com o meio de campo um pouco diferente, o Corinthians começou novamente pressionando e passou a controlar a bola um pouco mais no campo de ataque. Aos cinco minutos, após cobrança de escanteio de Jadson, Matheus Jesus subiu pelo alto e até ganhou do goleiro adversário, mas acabou cabeceando por cima do gol.

Aos nove minutos Renê Júnior aproveitou uma sobra na entrada da área, chutou para o gol e pegou em cheio na bola, que raspou a trave do Juventus. Por pouco o volante do Timão não empatou o placar.

Dois minutos mais tarde, Janderson fez uma grande jogada pela direita, fintou dois defensores e invadiu a área. O atacante rolou para trás para Jadson, que chutou de perna esquerda e perdeu outra boa oportunidade, jogando a bola do lado direito do gol do Juventus.

O meia, no entanto, quase se redimiu aos 16 minutos. Após falta sofrida por Janderson, o meia bateu com muito perigo e forçou o goleiro Rafael a fazer mais uma boa defesa e salvar o Juventus.

Depois de entrar muito bem no jogo, Janderson chegou mais uma vez pelo lado direito e aproveitou passe de Matheus Jesus para chutar com perigo no gol e conseguir mais um escanteio. Na sequência, o atacante puxou nova jogada e cruzou na área, mas Boselli, sozinho, tentou acertar um toque de peito na bola e jogou por cima do gol adversário.

Aos 24 minutos, Jadson apareceu mais uma vez, após tabelar com Araos pela esquerda e arriscou de perna direita. A bola chegou com perigo ao gol, mas Rafael fez outra boa defesa. Na sequência, Méndez pegou a sobra para cruzar na área e Henrique cabeceou, mas o goleiro do Juventus novamente ficou com a bola.

Ainda sem conseguir empatar a partida, o Corinthians seguiu buscando oportunidades no campo de ataque, mas sempre que chegava via a defesa do Juventus afastar ou então era parado pelo goleiro Rafael.

Foi aos 34 minutos que Araos pegou a bola pelo lado esquerdo e deu uma cavadinha para área. Matheus Jesus invadiu como elemento surpresa e aproveitou a bola para dar um desvio de perna esquerda e empurrar para o fundo do gol, empatando o placar no finalzinho da partida.

Veja mais em: Treino do Corinthians e Amistosos do Corinthians.

Veja Mais:

  • Corinthians se reapresentou ao CT na manhã desta segunda-feira com Carille

    Com Carille e Urso em campo, Corinthians se reapresenta e inicia preparação para encarar o Santos

    ver detalhes
  • Carille e comissão técnica vão reavaliar formação do Corinthians para jogo com o clássico

    Pressionado, Carille abre Corinthians e leva quatro gols; comissão técnica vai reavaliar postura

    ver detalhes
  • Nem Corinthians nem Cruzeiro no futuro de Manoel

    [Marco Bello] Nem Corinthians nem Cruzeiro no futuro de Manoel

    ver detalhes
  • Corinthians e Santos duelam pela 28ª rodada do Campeonato Brasileiro

    Semana do Corinthians tem clássico no Brasileirão, decisão no feminino e dose tripla de basquete

    ver detalhes
  • Corinthians perdeu para o Cruzeiro por 2 a 1 neste sábado

    Corinthians deixa G4 e pode perder posição até o fim da rodada do Brasileirão; veja tabela

    ver detalhes
  • Corinthians busca sua primeira vitória no Novo Basquete Brasil

    Corinthians recebe Bauru Basket para tentar primeira vitória no NBB; saiba detalhes

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: