Com desafio a Vital e Jesus, Corinthians volta aos e-sports e lança time de Free Fire

7.7 mil visualizações 46 comentários Comunicar erro

Vital e Jesus participaram de espécie de desafio contra time de e-sports do Corinthians

Vital e Jesus participaram de espécie de desafio contra time de e-sports do Corinthians

Lucas Faraldo / Meu Timão

O Corinthians apresentou no início de tarde desta terça-feira, no CT Joaquim Grava, sua nova equipe de e-sports. Em parceria com a Immortals Gaming Club (IGC), anunciada em julho pelo Meu Timão, o clube utilizou os jogadores Matheus Jesus e Mateus Vital, do elenco profissional de futebol, para lançar seu time de Free Fire, uma das modalidades de games virtuais abraçada pelo projeto.

Jesus e Vital, assim como Gustagol, são jogadores do Corinthians que também brincam virtualmente como "players" de Free Fire. Os dois primeiros, que participaram do lançamento da nova equipe, foram desafiados na sala de imprensa do CT para disputar uma partida do game junto com os seis atletas de e-sports apresentados pelo Timão.

Pouco antes do desafio com Jesus e Vital, a nova equipe do Corinthians posou para foto com a dupla do futebol e recebeu dela camisetas oficiais personalizadas.

Vital e Jesus posaram com novo time de e-sports do Corinthians

Vital e Jesus posaram com novo time de e-sports do Corinthians

Lucas Faraldo / Meu Timão

"Resolvi formar uma parceria com Immortals, hoje IGC, representada aqui pelo Renan (Phillip), para juntos formarmos uma parceria com o Corinthians: o projeto Corinthians e-sports vai englobar todas as modalidades de jogos eletrônicos com exceção do futebol virtual. Free Fire e outras modalidades estarão à frente do nosso projeto", declarou Christian Costantini, ex-presidente da associação brasileira de e-sports e responsável pela área comercial da equipe corinthiana.

Já com a função "competitiva", mais relacionada ao conteúdo da parceria entre Corinthians e IGC, está Renan Phillip. Diretor de operação da equipe, ele enalteceu a importância do projeto junto ao Timão em termos de visibilidade para seu time:

"Conversamos com o Corinthians há bastante tempo. Convergir dois mundos que são apaixonados: a torcida do futebol e o público dos e-sports. A gente entende que essa parceria, ter a marca Corinthians, é um passo a mais no que a gente já faz hoje. Temos várias marcas nos Estados Unidos. O Corinthians chega para completar essa fatia de bolo, precisávamos expandir um pouquinho nosso horizonte", declarou.

Camisa detalhe

Lucas Faraldo / Meu Timão

Especificamente sobre o porquê de o primeiro time da nova parceria ser de Free Fire, jogo mobile (de smartphone) de tiro em primeira pessoa Renan destacou a acessibilidade do game. Diferente de outras modalidades, não se faz necessário ter um computador, por exemplo.

"É o jogo que mais cresce no Brasil. Quando falamos de League of Legends e Counter Strike, existem torcedores do Corinthians que jogam, mas não de forma tão fervorosa como no Free Fire, até pela acessibilidade do jogo. Estendemos então que seria interessante lançar logo de cara essa parceria de forma impactante. Trazendo torcedores que acompanham o Corinthians mas não conhecem e-sports e jogadores de e-sports que acompanham o Corinthians", argumentou o diretor.

Cabe lembrar que essa é a segunda tentativa do Corinthians de emplacar um projeto de e-sports. Ao longo de aproximadamente três meses, entre 2017 e 2018, o clube formou parceria com a Red Canids. A equipe chegou a disputar torneios em modalidades como League of Legends, Hearthstone, Heroes of the Storm e Rainbow Six.

Veja mais em: Corinthians no e-Sports.

Veja Mais:

  • Volante ao lado do idoso atropelado e de sua família

    Ralf transfere vítima de acidente de hospital e faz visita nessa segunda-feira

    ver detalhes
  • Neto acusa elenco corinthiano de tentar derrubar Carilleneto

    Neto acusa elenco corinthiano de tentar derrubar Carille, detona jogadores e faz apelo ao técnico

    ver detalhes
  • Imagina como seria se você tivesse Fábio Carille como seu chefe no seu trabalho

    [Mayara Munhoz] Imagina como seria se você tivesse Fábio Carille como seu chefe no trabalho

    ver detalhes
  • Declarações de Carille não estão sendo bem recebidas pelo ambiente do Corinthians

    Declarações de Carille são vistas como 'desnecessárias' e incomodam ambiente no Corinthians

    ver detalhes
  • Ramiro foi disparado o corinthiano que mais falou e gesticulou no treino desta segunda

    Janderson e Régis goleadores, Ramiro líder: reservas treinam forte por reabilitação no Corinthians

    ver detalhes
  • Ralf foi único jogador entre aqueles hoje considerados titulares que treinou com bola nesta segunda

    Sem punição, Ralf volta ao Corinthians e deve ser opção para Carille quarta-feira

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: