Dupla de zaga do Corinthians reclama de bandeira, mas admite que não podia ter parado

1.6 mil visualizações 20 comentários Comunicar erro

Corinthianos reclamaram da arbitragem, mas Ederson estava em condição legal quando recebeu

Corinthianos reclamaram da arbitragem, mas Ederson estava em condição legal quando recebeu

Foto: Danilo Fernandes/Meu Timão

A dupla de zaga do Corinthians na noite deste sábado, formada por Bruno Méndez e Marllon, comentou após a partida o lance do segundo gol do Cruzeiro. Alguns dos pouquíssimos atletas que atenderam a imprensa após o 2 a 1 para os mineiros, eles reconheceram que não poderiam parar na jogada.

"O bandeira levantou duas vezes, mas tem que seguir", disse Méndez, que estava um pouco mais distante do lance, chegando apenas para ver de perto Ederson empurrar a bola à rede, já com Walter caído no chão.

"Eu não sei se para ou não, mas acho que temos que continuar jogando e depois que jogarmos a bola fora vemos o que se passou. São coisas da partida que temos que melhorar", avaliou o jovem uruguaio, que afirmou não querer falar muito sobre a arbitragem. "Não gosto", resumiu.

Leia também:
Ralf aponta desfalques e desatenção do Corinthians para explicar derrota para o Cruzeiro
Diretor do Corinthians garante permanência de Fábio Carille
Fim da paciência com Carille, erros de arbitragem e Corinthians 'em queda'; veja repercussão da Fiel

Diretamente envolvido na jogada, Marllon justificou sua atitude de desistir da corrida por ver o auxiliar Luiz Claudio Regazone levantar o instrumento em duas oportunidades. Para ele, o Timão foi prejudicado.

"A gente olha e é automático a gente parar tudo. Eu acho que ele interpretou errado e acabou nos prejudicando", assegurou, explicando o que havia visto do lance antes de Ederson aparecer livre atrás da zaga.

"Eu não senti que foi recuo. Pensei que foi uma dividida, acho que o Fagner não teve a intenção de tocar e a bola acabou sobrando para o jogador que estava lá na frente, no automático eu olhei para o bandeira e ele tinha levantado", concluiu.

Veja mais em: Bruno Méndez.

Veja Mais:

  • Com cinco novidades, Coelho fez um esboço da provável equipe que deve enfrentar o Internacional

    Coelho esboça time contra o Internacional e Vital deixa treino com dores; veja provável escalação

    ver detalhes
  • Corinthians voltou a vencer o Ferro Carril na noite desta quinta

    Com briga no fim, defesa do Corinthians destrói argentinos e time vai à final da Liga Sul-Americana

    ver detalhes
  • Paolo Guerrero pode encarar o Corinthians neste domingo, em Itaquera

    Peru tem amistoso cancelado e Guerrero pode atuar contra o Corinthians neste domingo

    ver detalhes
  • Thiago Neves, aos 34 anos, tem contrato com o Cruzeiro até dezembro de 2020

    Thiago Neves fala em desejo de jogar no Corinthians em 2020; em coletiva, depois, freia empolgação

    ver detalhes
  • Alex Teixeira, de 29 anos, tem contrato com o Jiangsu Suning, da China, até o fim de 2020

    Corinthians retoma interesse e busca informações sobre a situação de Alex Teixeira na China

    ver detalhes
  • Renato Augusto e Rodriguinho seriam boas opções para o Corinthians em 2020?

    Sete dicas de ex-corinthianos que poderiam voltar ao Timão em 2020

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: