Júnior Urso defende trabalho de Carille no Corinthians e rebate críticas ao desempenho da equipe

4.5 mil visualizações 191 comentários Comunicar erro

Por Lucas Faraldo e Rafael Bianco, no CT Joaquim Grava

Júnior Urso defendeu o trabalho de Fábio Carille no Corinthians

Júnior Urso defendeu o trabalho de Fábio Carille no Corinthians

Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

O volante Júnior Urso está recuperado de lesão na coxa e pode retornar ao Corinthians nos próximos dias, tendo participado do treinamento desta terça-feira. Mesmo fora do time nos últimos jogos, o jogador defende o trabalho feito por Fábio Carille e garante não entender todas as críticas à respeito do desempenho da equipe.

Questionado se gostaria da permanência do treinador para a próxima temporada, Urso não titubeou na resposta e exaltou as conquistas do técnico no Corinthians até o momento.

"Sim. O trabalho do Carille é bom, rendeu frutos ao longo dos anos. A novidade atrai muito o ser humano, tem novidades no Brasileiro, técnicos de outros países, enche os olhos dos brasileiros, que acham que sempre o que vem de fora é melhor e não valoriza muito o que tem. No futebol temos a memória muito curta", disse o volante em entrevista coletiva na manhã dessa terça-feira.

Leia também: Corinthians amarga sequência sem vitórias desde lesão de Urso

Ainda assim, o trabalho é questionado não só pelos últimos cinco jogos sem vitória, mas também pelo desempenho ruim da equipe, que se alastra desde o início do ano. Incisivo sobre a questão, Urso não vê nenhuma diferença no trabalho desde o início da temporada e vê potencial para o time alcançar os objetivos.

"Eu não mudo muito minha opinião desde que cheguei ao Corinthians. Muitos têm opiniões e expõem elas, comentaristas... Respeito isso. Mas desde que cheguei reparei que o Corinthians é um dos trabalhos mais questionados desde janeiro, Paulista, Sul-Americana... De repente o pessoal está feliz com trabalhos que apareceram no país e o trabalho que vinha já há anos está sendo questionado. Um trabalho do Carille que era excepcional está sendo questionado agora. Continua o mesmo ambiente, a mesma coisa, o mesmo trabalho. Houve jogos em que fomos superiores, com muita qualidade, nem por isso recebemos elogios devidos. Mas é manter o foco porque temos muita coisa ainda até o fim do ano. Nosso foco é terminar numa colocação muito boa para a Libertadores", adicionou.

O volante, no entanto, não esconde que as últimas partidas do Corinthians não vêm agradando a todo mundo. É por isso que ele ressalta que a culpa da engrenagem não rodar não é necessariamente do treinador, mas está atrelado a todos que fazem parte do elenco.

"Eu acho que é no contexto geral, todos têm de assumir parcela de culpa, nós jogadores também. Recebemos instrução do que fazer em campo e muitas vezes não fazemos. Não podem questionar só o Carille por conta de uma derrota ou um desempenho muito abaixo. Temos nossa parcela de culpa, mas fizemos boas partidas", finalizou Urso.

Com a possibilidade de voltar ao gramado, Urso pode ser um dos titulares do Corinthians no confronto contra o Santos, que acontece apenas no próximo sábado. A equipe alvinegra enfrenta o rival paulista na Arena, em Itaquera, a partir das 17h.

Veja mais em: Fábio Carille, Júnior Urso e Campeonato Brasileiro.

Veja Mais:

  • Com cinco novidades, Coelho fez um esboço da provável equipe que deve enfrentar o Internacional

    Coelho esboça time contra o Internacional e Vital deixa treino com dores; veja provável escalação

    ver detalhes
  • Corinthians voltou a vencer o Ferro Carril na noite desta quinta

    Com briga no fim, defesa do Corinthians destrói argentinos e time vai à final da Liga Sul-Americana

    ver detalhes
  • Paolo Guerrero pode encarar o Corinthians neste domingo, em Itaquera

    Peru tem amistoso cancelado e Guerrero pode atuar contra o Corinthians neste domingo

    ver detalhes
  • Thiago Neves, aos 34 anos, tem contrato com o Cruzeiro até dezembro de 2020

    Thiago Neves fala em desejo de jogar no Corinthians em 2020; em coletiva, depois, freia empolgação

    ver detalhes
  • Alex Teixeira, de 29 anos, tem contrato com o Jiangsu Suning, da China, até o fim de 2020

    Corinthians retoma interesse e busca informações sobre a situação de Alex Teixeira na China

    ver detalhes
  • Renato Augusto e Rodriguinho seriam boas opções para o Corinthians em 2020?

    Sete dicas de ex-corinthianos que poderiam voltar ao Timão em 2020

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: