Corinthians tem começo dominante, bobeia no quarto final, mas supera Rio Claro pelo NBB

1.4 mil visualizações 17 comentários Comunicar erro

Corinthians chegou a sua terceira vitória consecutiva nessa terça-feira

Corinthians chegou a sua terceira vitória consecutiva nessa terça-feira

Filippo Ferrari

Rio Claro Basquete 73 X 82 Corinthians

NBB 2019
05 de novembro de 2019, 20:00
Rio Claro Basquete 73 x 82 Corinthians
Ginásio Felipe Karan

Na noite dessa terça-feira, o time de basquete do Corinthians fez bonito fora de casa, dominou o Rio Claro e venceu sua terceira partida seguida no NBB. No Ginásio Felipe Karan, o Timão triunfou por 82 a 73.

Com a vitória, o Timão alcançou sua terceira partida seguida com triunfo, chegando aos 12 pontos na competição. Agora, o Timão enfrenta o Paulistano, no próximo dia 19, às 20h, no Wlamir Marques

Escalação: Bruno Savignani escalou o quinteto inicial do Timão com Fischer, Vezaro, Robinson, Wesley e Johnson.

Agenda: antes de continuar sua disputa pelo NBB, o Timão segue rumo ao Equador para o quadrangular semifinal da Sul-Americana. O primeiro adversário da equipe alvinegra é o Ferro Carril, no próximo dia 12, às 20h - confira todos os adversários aqui.

Como foi o jogo?

Primeiro quarto - Rio Claro 20 x 28 Corinthians

A partida começou equilibrada e Robinson fez a primeira cesta de três. Pouco depois, o Timão abriu 5 a 2. Aos quatro minutos, o Rio Claro estava na frente com um ponto de vantagem - 11 a 10. Com quase cinco minutos, no entanto, Vezaro conseguiu boa cesta de três e recolocou o Timão na frente. Na sequência, a equipe da casa desperdiçou dois lances livres e Nesbitt aproveitou para aumentar a vantagem alvinegra com outra cesta de três - 11 a 16.

As equipes foram se alternando no ataque e pontuando. Com sete minutos, Nesbitt tentou enterrar, mas sofreu a falta e converteu os dois lances livres, dando seis pontos de vantagem para o Timão - 15 a 21. O Rio Claro diminuiu com cesta de três de Sahdi, mas Nesbitt conferiu mais dois pontos para o Timão na saída de bola, seguida por cesta de três de Pecos.

Faltando menos de um minuto, o Rio Claro tentou reagir, mas o Corinthians conseguiu converter quase todas as cestas que arremessou e o quarto chegou ao fim em 20 a 28 para a equipe alvinegra.

Segundo quarto - Rio Claro 32 x 48 Corinthians

A primeira cesta do quarto foi de Fuller, que marcou mais dois pontos para o Timão com quase um minuto de jogo. O Rio Claro pontuou logo em seguida com Sahdi, e Pecos respondeu com outros dois pontos - 22 a 32. Com dois minutos, Teichmann fez sua primeira cesta no jogo e ampliou a vantagem alvinegra. Logo depois, Pecos marcou mais uma vez e o treinador adversário pediu tempo.

Com quatro minutos, Fuller recebeu belo passe de Pecos e conseguiu três pontos, colocando 24 a 39 para o Timão no marcador. Um minuto depois, Fuller fez nova cesta de três, ampliando ainda mais a vantagem alvinegra. Com seis minutos, Tecihmann tentou a enterrada, mas a bola escapou de sua mão e sobrou com Nesbitt, que conseguiu pontuar.

Aos sete minutos, o placar apontava 20 pontos de vantagem para o Timão, que vencia por 26 a 46. Após o pedido de tempo do técnico adversário, Fuller conseguiu mais dois pontos para o Timão e quando o Rio Claro foi ao ataque, Douglas cometeu falta em Sahdi, que converteu os dois lances livres. Mais uma vez as duas equipes seguiram pontuando, e a partida foi para o intervalo com 32 a 48.

Terceiro quarto - Rio Claro 47 x 59 Corinthians

Pastor converteu a primeira cesta do quarto e logo em seguida Nesbitt marcou de três para o Timão. Com quase três minutos, Sahdi converteu cesta de três para o Rio Claro e diminuiu a vantagem alvinegra para 14 pontos - 37 a 51 para o Timão.

Com quase quatro minutos, Pastor foi lançado livre no ataque e conseguiu dois pontos para os donos da casa, fazendo Bruno Savignani pedir tempo. Assim que o jogo reiniciou, Fuller fez linda jogada em cima de Sahdi e marcou para o Timão - 39 a 53. O pedido de tempo pareceu ter feito o Timão se restabelecer e reorganizar na partida e pouco depois Vezaro conseguiu cesta de três e Nesbitt de dois. Com o crescimento alvinegro na partida, foi a vez do treinado rio-clarense pedir tempo.

Aos sete minutos, quando o placar indicava 41 a 58 para a equipe alvinegra, os times começaram a errar passes e cometer faltas desnecessárias. Teichmann, por exemplo, cometeu falta técnica e o Rio Claro converteu o lance livre, seguido de cesta de três de Ansalone. Aos poucos a equipe da casa voltou a crescer na partida e com menos de um minuto a vantagem corinthiana tinha caído para 12 pontos - 47 a 59.

Quarto final - Rio Claro 73 x 82 Corinthians

Com pouco mais de um minuto, as duas equipes já tinham pontuado. Em cima da linha do garrafão, Pecos arremessou caindo e conseguiu a cesta, mas não ganhou a falta - 50 a 63. Com pouco mais de três minutos, foi a vez de Pedro arremessar caindo, converter e pedir a falta, mas o juiz não marcou nada.

Com quase quatro minutos, Ruiz marcou de três para o Rio Claro e colocou 56 a 69 no placar. Em seguida, Ruiz mais uma vez arremessou de longe e converteu - 60 a 69. Na jogada seguida, Humberto cometeu sua quinta falta e teve que deixar o jogo.

Aos cinco minutos, Sahdi fez boa jogada, pontuou e diminuiu ainda mais a vantagem corinthiana, fazendo Bruno Savignani pedir tempo - 62 a 69. O jogo reiniciou e Fuller tentou cesta de tabela, a bola não caiu e sobrou com Nesbitt, que marcou. No minuto seguinte, Nesbitt roubou a bola na defesa e acionou Teichmann livre, que enterrou de costas para retomar a vantagem de 11 pontos.

Os quatro minutos finais foram de correria. Em tentativa de três de Pecos, a bola não caiu, mas Nesbitt sofreu falta fora do lance e na cobrança o Timão conseguiu mais dois pontos - 64 a 75. Com pouco mais de dois minutos, Gerson recebeu dentro do garrafão e marcou, mas sofreu a falte de Nesbitt - a quinta do corinthiano, que também deixou o jogo. Gerson perdeu o lance livre, mas depois marcou e diminuiu a vantagem corinthana para cinco pontos - 70 a 75.

Bruno Savignani pediu tempo com pouco mais de um minuto e quando o jogo reiniciou Ruiz conseguiu bela cesta e diminuiu a vantagem corinthiana para dois pontos. Pouco depois, Fischer foi ao ataque, se livrou do toco e marcou para o Timão 30 segundos depois foi a vez de Vezaro marcar de três e dar números finais para a partida: 73 a 82.

Veja mais em: Basquete.

Quem Atuou

Jogadores

  • Kyle Alejandro Fuller

    Fuller

    nota média: 7.8

    12 votos

    Pontos: 12
    Rebotes: 1
    Assistências: 1
    Tempo em quadra: 29m21s

  • Felipe André Vezaro

    Felipe Vezaro

    nota média: 8.9

    12 votos

    Pontos: 14
    Rebotes: 7
    Assistências: 1
    Tempo em quadra: 27m56s

  • Wesley de Castro Ferreira

    Wesley

    nota média: 7.8

    12 votos

    Pontos: 7
    Rebotes: 6
    Assistências: 5
    Tempo em quadra: 25m27s

  • Guilherme Frantz Teichmann

    Teichmann

    nota média: 8.2

    10 votos

    Pontos: 7
    Rebotes: 6
    Assistências: 1
    Tempo em quadra: 24m35s

  • Arthur Pecos Fernandes da Silva

    Arthur Pecos

    nota média: 7.9

    11 votos

    Pontos: 13
    Rebotes: 1
    Assistências: 7
    Tempo em quadra: 23m30s

  • David Ahmad Nesbitt

    >Craque da partida

    Nesbitt

    nota média: 9.4

    11 votos

    Pontos: 17
    Rebotes: 6
    Assistências: 1
    Tempo em quadra: 18m19s

  • Ricardo Fischer

    Ricardo Fischer

    nota média: 7.9

    11 votos

    Pontos: 9
    Rebotes: 1
    Assistências: 3
    Tempo em quadra: 16m22s

  • Humberto Luis Gomes da Silva

    Humberto

    nota média: 5.0

    11 votos

    Pontos: 0
    Rebotes: 1
    Assistências: 2
    Tempo em quadra: 12m30s

  • Tracy Terrell Robinson

    Tracy Robinson

    nota média: 7.2

    11 votos

    Pontos: 3
    Rebotes: 1
    Assistências: 1
    Tempo em quadra: 11m04s

  • Anthony Laveal Johnson

    Anthony Johnson

    nota média: 6.3

    11 votos

    Pontos: 0
    Rebotes: 2
    Assistências: 1
    Tempo em quadra: 7m15s

  • Douglas dos Santos Silva

    Douglas Santos

    nota média: 6.1

    10 votos

    Pontos: 0
    Rebotes: 0
    Assistências: 0
    Tempo em quadra: 3m41s

Técnico

Comente a notícia: