Federação 'veta' homens e lança campanha visando aumento do público feminino no Paulista

1.8 mil visualizações 47 comentários

Tomás Rosolino

Por Tomás Rosolino, de Sede da Federação Paulista

Homens acompanharam a coletiva pela televisão

Homens acompanharam a coletiva pela televisão

Tomás Rosolino/Meu Timão

A Federação Paulista de Futebol (FPF), ao lado do Corinthians e dos clubes do Paulistão, lançou nesta terça-feira uma campanha de incentivo à presença de mulheres nos estádios para essa temporada. Nomeada como "#ElasNoEstádio", a iniciativa foi apresentada na sede da entidade e teve uma novidade inusitada: apenas mulheres puderam entrar na sala de coletivas.

Jornalistas homens, que somavam algo próximo da metade dos presentes ao evento, foram barrados na hora de entrar para a coletiva. A ideia foi "reproduzir com os jornalistas homens a sensação" pela qual passam as mulheres, que "sofrem com essa restrição social de não ter abertura nem incentivo para ir aos estádios".

O chamariz para o tema se deu devido a uma pesquisa encomendada pela Federação ao Datafolha, apontando que apenas 14% do público que vai aos estádios é feminino. Em outra, da Ibope/Repucom, apontava-se que o conceito de que o estádio não é local adequado para mulheres era o principal responsável pela pouca presença das mulheres.

Homens ficaram no saguão de entrada da FPF enquanto a coletiva passava na TV

Homens ficaram no saguão de entrada da FPF enquanto a coletiva passava na TV

Tomás Rosolino/Meu Timão

As ações para mudar o quadro começam com:

  • Atendimento especial às mulheres nos estádios, para que possam relatar assédio, ofensas e violência. Nos jogos na capital haverá, preferencialmente, delegadas para atender o público feminino;
  • Abertura de canal de comunicação exclusivo para mulheres darem sugestões, criticarem ou até mesmo denunciarem crimes ou ofensas: [email protected];
  • Incentivo a coletivos e grupos femininos para que possam ir juntas aos estádio;

Com apenas as mulheres liberadas, conversaram com a imprensa feminina a diretora de futebol feminino da FPF e embaixadora do movimento, Aline Pellegrino, e a coordenadora de marketing do Botafogo-SP, Laura Louzada.

Os repórteres do sexo masculino assistiram pela TV a coletiva, em um ambiente separado. Só tiveram acesso às entrevistadas após o término do evento.

"Optamos por deixar os homens de fora para eles sentirem um pouco do que a gente passa. Para mudar, temos que fazer com que as pessoas percebam o que acontece. É um start que precisava. A mudança vai acontecer com homens e mulheres juntos", disse Pellegrino sobre a "seletiva", termo cunhado por ela mesma.

Corinthians apoia campanha

Assim como todos os clubes participantes do Paulistão 2020, o Corinthians é um dos apoiadores da campanha. Além de soltar uma matéria explicando a ação feita nesta terça-feira no site oficial, o clube também chamou a atenção para a campanha em suas redes sociais.

Veja mais em: Corinthians feminino e Campeonato Paulista.

Veja Mais:

  • Corinthians e Palmeiras decidem vaga na final em Itaquera

    Corinthians enfrenta o rival Palmeiras na semifinal do Campeonato Paulista

    ver detalhes
  • Timãozinho briga pela liderança do Brasileiro

    Corinthians enfrenta Atlético-MG em briga direta pela liderança no Brasileiro Sub-17; veja detalhes

    ver detalhes
  • Timão voltou a treinar após vexame continental

    Corinthians se reapresenta e faz primeiro treino de olho na semi do Paulistão; veja possível time

    ver detalhes
  • Corinthians volta a entrar em campo na segunda-feira, contra o Grêmio

    CBF define rodadas finais da primeira fase do Brasileiro Feminino; Corinthians joga maioria em casa

    ver detalhes
  • Fagner testou positivo para o novo coronavírus

    Desfalque de Fagner é confirmado após novo exame para Covid-19

    ver detalhes
  • Gaviões prepara mosaico 360 na Neo Química Arena para semifinal do Paulista ne domingo

    Gaviões prepara mosaico 360º na Neo Química Arena para semifinal do Paulista; veja fotos

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia:

x