Love destaca evolução no Corinthians e fala sobre parceria com Boselli: 'Jogar se torna fácil'

2.1 mil visualizações 30 comentários

Por Giovana Duarte e Tomás Rosolino, no CT Joaquim Grava

Vagner Love e Boselli atuaram juntos das duas últimas partidas do Corinthians

Vagner Love e Boselli atuaram juntos das duas últimas partidas do Corinthians

Daniel Augusto Jr./Ag. Corinthians

Vagner Love foi reserva nas oito primeiras partidas do Corinthians na temporada. No entanto, no duelo contra o Guaraní-PAR, em Itaquera, e no clássico contra o São Paulo, o atacante foi o titular de Tiago Nunes, sendo substituído na segunda etapa por questões físicas. Em entrevista no CT Joaquim Grava nesta quarta-feira, o Love avaliou o momento no clube, vivido ao lado de Boselli.

"Tive a oportunidade nesses dois últimos jogos de iniciar a partida. Quando inicia jogando com jogadores de qualidade, facilita. Se torna fácil. O Mauro, por a gente conversar bastante fora de campo, muitas das vezes eu já sei onde ele quer receber a bola. O Luan falta um pouco, mas é um jogador que tem tanta qualidade que, muitas vezes é só fazer o movimento que ele vai te achar", explicou o corinthiano.

Leia também:
Love diz que manda até 'e-mail em chinês' para 'segurar' Paulinho no Corinthians
Cristian visita CT do Corinthians e encontra Paulinho; veja fotos

Além disso, Love relembrou a função que costumava fazer na última temporada e o quanto se diferencia da que vem trabalhando com Tiago Nunes neste ano.

"Ano passado joguei numa posição diferente, realmente. Esse ano, por eu ter essa parte de movimentação, não ser mais tão posicionado, eu consigo fazer essa função de segundo atacante. Tive outros parceiros assim. o Jô, por exemplo, na Rússia.", disse.

"Quando você joga com um cara inteligente como o Mauro tudo facilita. Não é porque eu não sou centroavante que eu não vou entrar na área. Vou ter que estar na área muitas vezes para o Mauro e também para finalizar", completou Love.

O camisa 9 do Timão ainda aproveitou para falar da parceria com Mauro Boselli. Love elogiou o companheiro de equipe e disse esperar atuar o máximo de partidas possível ao lado do argentino.

"A gente está sempre batendo papo, mais aqui, na hora das refeições, sobre futebol. Como gostamos de jogar, isso acaba facilitando", afirmou o atacante.

"Se tiver a possibilidade, jogar o máximo possível de jogos juntos. Vai haver um momento em que, essa coisa de jogarmos juntos, quarta e domingo, idade, é difícil recuperar. Vamos ver quantos jogos nós vamos aguentar quando tiver aquela batida de meio e final de semana. Espero que a gente possa dar conta do recado", finalizou.

Veja mais em: Vagner Love e Mauro Boselli.

Veja Mais:

  • Thiaguinho disputou 14 jogos com a camisa do Corinthians nas temporada 2018 e 2019; volante passou a ser emprestado na sequência

    Liberação de Camacho pode abrir espaço para Thiaguinho no Corinthians; entenda a situação

    ver detalhes
  • Adson e Mandaca durante treino do CT Dr. Joaquim Grava

    Dois jogos pelo Brasileirão, base e feminino: veja a agenda do Corinthians nesta semana

    ver detalhes
  • Gabriel comemorando seu gol no duelo entre Corinthians e Palmeiras, pelo Brasileirão

    Gabriel entra em seleto grupo que chegou ao Corinthians direto do rival e marcou no Dérbi

    ver detalhes
  • Torcedores do Corinthians na Austrália inauguraram bandeirão de 107 metros

    Na Austrália, torcida fez festa às 8 da manhã para acompanhar Corinthians no Dérbi; veja fotos

    ver detalhes
  • Três saídas que abrem caminho para três joias no Corinthians

    [Luis Fabiani] Três saídas que abrem caminho para três joias no Corinthians

    ver detalhes
  • Gabriel marcou o gol de empate do Corinthians diante do Palmeiras

    Corinthians melhora no segundo tempo e empata com o Palmeiras pelo Brasileirão

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia:

x