Corinthians perde na Fifa e terá que pagar R$ 18 milhões por Jô; clube se vê fora do processo

48 mil visualizações 470 comentários

Por Meu Timão

Corinthians pode ter que pagar quantia milionária pela contratação de Jô

Corinthians pode ter que pagar quantia milionária pela contratação de Jô

Rodrigo Coca / Agência Corinthians

Em momento financeiro muito ruim, o Corinthians tem mais um problema para se preocupar. Nesta terça-feira, o clube perdeu oficialmente para o Nagoya Grampus em processo que corria na Fifa por conta da contratação de Jô. A informação é do Esporte Interativo.

Com a derrota, o Timão foi condenado a pagar 3,4 milhões de dólares (cerca de R$ 18 milhões) ao clube japonês por quebra de contrato do centroavante. Na época do anúncio do atleta, seu ex-time lançou nota confirmando a rescisão, mas destacando que iria à Justiça por entender que o fim do contrato se deu por justa causa.

Apesar da dura decisão, o Corinthians ainda pode reverter a situação. Isso porque é possível recorrer na Corte Arbitral do Esporte. Em contato com o Meu Timão, a assessoria alvinegra confirmou que o clube já foi notificado, mas disse que o imbróglio não envolve o Timão, sendo diretamente entre Jô e Nagoya Grampus.

Pouco depois do primeiro contato com a reportagem, o clube divulgou uma nota confirmando a decisão da Fifa em torno do caso.

"O Sport Club Corinthians Paulista recebeu na tarde desta terca- feira (24) o resultado da decisão que envolve o atleta Jô e seu ex-clube, Nagoya Grampus. O Clube tem dez dias para solicitar os fundamentos da decisão para a FIFA e assim tomar as providências necessárias", diz o comunicado.

A assessoria do jogador, vale lembrar, se posicionou na época dizendo que a rescisão contratual não se deu por justa causa, mas sim por uma série de acontecimentos, sobretudo durante a pandemia do novo coronavírus.

Quem também se posicionou na época foi o advogado de Jô, Breno Tannuri, que afirmou ver chances muito pequenas de qualquer punição ao jogador e ao Corinthians ainda em julho. Por conta do processo, vale lembrar, o time japonês demorou a entregar os documentos necessários para regularização do centroavante, atrasando sua reestreia.

"O resultado anunciado é em primeira instância e não há nada resolvido em definitivo", explicou Tannuri.

Nota atualizada às 15h19.

Veja mais em: .

Veja Mais:

  • Guilherme Biro já chegou a treinar com o elenco principal do Corinthians

    Corinthians pede dispensa de lateral da Seleção Sub-17 após Piton apresentar sintomas de Covid

    ver detalhes
  • Varanda balançou a rede pela primeira vez com a camisa do Corinthians

    Varanda é o 15º jogador da base a marcar pelo Corinthians na Neo Química Arena; veja lista

    ver detalhes
  • Camacho já está em isolamento para cumprir quarentena

    Corinthians confirma que volante testou positivo para Covid-19 após corte do Dérbi

    ver detalhes
  • Por que os palmeirense estão engasgados com essas 3 joias do Corinthians

    VÍDEO: Por que os palmeirense estão engasgados com essas 3 joias do Corinthians

    ver detalhes
  • Marllon se despediu do Corinthians nesta quinta-feira

    Marllon se despede do Corinthians com texto nas redes sociais; zagueiro deve se juntar a Walter

    ver detalhes
  • Vagner Mancini comandou treino no CT Joaquim Grava nesta quinta-feira

    Corinthians se reapresenta e dá início a preparação para enfrentar a Ponte Preta no domingo

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia:

x