Fagner fala sobre relação do filho com futebol, mas descarta pressão: 'Só quero que seja feliz'

3.3 mil visualizações 23 comentários

Por Meu Timão

Fagner e Henrique em comemoração do Paulistão 2017

Fagner e Henrique em comemoração do Paulistão 2017

Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians

Se dentro das quatro linhas Fagner é um dos principais líderes do Corinthians, fora de campo o lateral é um espelho para seu filho, Henrique Lemos, que faz parte do Sub-12 do clube.

Em uma entrevista à ESPN Brasil, o lateral e também cria da base do Timão compartilhou o sentimento de ver seu filho dar os primeiros passos no mesmo clube que ele começou aos nove anos de idade.

"Ver que ele começou onde eu comecei é maravilhoso", afirmou o lateral, que teve sua primeira passagem pela equipe de 1998 a 2007, e a segunda em 2014, quando obteve maior destaque com a camisa alvinegra.

Notícias relacionadas
Notícias relacionadas
Equipe de comunicação do Corinthians faz encontro com coletivo LGBT nesta sexta-feira Equipe de comunicação do Corinthians faz encontro com coletivo LGBT nesta sexta-feira
Casagrande vê méritos de Mancini na boa fase dos atletas do Corinthians: Melhor jogo da temporada Casagrande vê méritos de Mancini na boa fase dos atletas do Corinthians: 'Melhor jogo da temporada'
Corinthians vê chance de ir à Libertadores aumentar em quase 4% após goleada; veja probabilidades Corinthians vê chance de ir à Libertadores aumentar em quase 4% após goleada; veja probabilidades

Ainda assim, o lateral-direito do Timão contou que não existe qualquer pressão para que Henrique siga seus passos. Segundo ele, o garoto terá o apoio da família em qualquer carreira que desejar seguir, mas que o garoto nutre uma paixão especial pelo esporte.

Nunca teve uma cobrança de que ele precisa jogar bola. Assim como é com o mais novo. Eu vou incentivar, vamos dar todo o suporte, mas eu falo pra ele: 'No dia que você não quiser mais, vamos estar juntos". Só quero que ele tenha sucesso no que ele quiser fazer. Se acabar o colégio e ele quiser fazer direito, medicina... Eu só torço para que ele tenha sucesso e determinação no que quiser fazer", explicou Fagner.

"Em relação ao futebol, é legal porque é uma paixão dele. De assistir jogo, de estar acompanhando. Ele vai no estádio, está assistindo o jogo e já imagina o que pode acontecer. Ele fala que acha que o treinador vai tirar o A e colocar o B. Aí todo mundo olha para ele, passa cinco minutos, acontece. É uma coisa dele, de observar... Já está prestando atenção, a informação que eles têm é muito grande. É muito legal", finalizou.

Veja mais em: Fagner e Base do Corinthians.

Veja Mais:

  • Corinthians visitou o Fluminense neste sábado

    Corinthians é dominado pelo Fluminense e toma goleada no Maracanã

    ver detalhes
  • João Victor seguirá para o Benfica; clube português investiu 10 milhões de euros no jogador

    João Victor, zagueiro do Corinthians, fecha com clube europeu após reviravolta; veja valores

    ver detalhes
  • Vítor Pereira comandou primeiro treino preparatório para enfrentar o Boca Juniors nesta terça-feira

    Corinthians inicia preparação para enfrentar o Boca Juniors na Libertadores e quinteto faz testes

    ver detalhes
  • Corinthians perdeu duas posições no Campeonato Brasileiro e agora fecha G4 da competição

    Corinthians perde duas posições no Brasileirão após goleada, mas segue no G4; veja classificação

    ver detalhes
  • Cássio e Mantuan durante partida contra o Fluminense

    VP diz que Corinthians correu risco 'calculado', mas afirma que não havia perdido assim na carreira

    ver detalhes
  • Corinthians enfrenta o Flamengo, no próximo domingo, às 16h, na Neo Química Arena pelo Brasileirão

    Corinthians divulga detalhes da venda de ingressos para duelo contra o Flamengo no Brasileirão

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia:

x