Destaque da base sonha com reinício após lesão e quer ser chamado pelo apelido

4.4 mil visualizações 21 comentários

Por Meu Timão

João Pedro prefere ser chamado de Tchoca, apelido herdado do pai

João Pedro prefere ser chamado de Tchoca, apelido herdado do pai

Corinthians

O zagueiro João Pedro, de 17 anos, foi destaque da equipe sub-17 do Corinthians e está prestes a iniciar na equipe sub-20. O jogador não faz o que mais ama desde outubro de 2019, por causa de uma lesão. Dessa forma, espera por um reinício e quer que o chamem de Tchoca, assim como seu pai é conhecido em sua cidade natal, Sete Lagoas, em Minas Gerais.

"O apelido do meu pai surgiu na oficina do meu avô. Quando ele era pequeno, um funcionário o apelidou de Tchoquinha. Depois que cresceu, ficou Tchoca. Eu resolvi adotar esse apelido, pois na minha cidade sempre me chamavam de Tchoca devido ao meu pai. Com isso, trazer pra minha realidade hoje seria maravilhoso, pois justamente é diferente e chamaria a atenção", afirmou João Pedro, em entrevista ao UOL Esporte.

O pai a quem Tchoca se refere, também se aventurou no futebol, como goleiro amador. Atualmente, segue a carreira do filho, mesmo à distância. Em suas palavras, "é como ele pode". De um jogador para outro, os conselhos fazem parte da relação entre pai e filho.

"Ele me passa alguns conselhos, muito sobre posicionamento e o que um goleiro espera de um defensor. Ele me ajuda evoluir e ter visão de jogo", explica Tchoca.

Considerado como destaque da equipe sub-17, o zagueiro de 1,93m sofreu uma lesão gravíssima no joelho e sua recuperação foi prejudicada devido à pandemia de covid-19. Com isso, Tchoca está longe dos gramados há um ano e quatro meses. Recuperado, o jovem espera iniciar o quanto antes sua trajetória pelo sub-20.

"Comecei a sentir dores no joelho e não sabia o porquê. Tive que passar por uma cirurgia de cartilagem para amenizar as dores. Como joelho é muito delicado, eu precisava de seis meses de recuperação. Só que veio a pandemia e atrapalhou demais. A situação de dúvida atrapalhou as atividades da base no clube. Comigo não foi diferente, tive que ter muita paciência e só fiquei 100% após um ano. Agora, sem dores, inicio minha trajetória no sub-20", finaliza.

Tchoca também possui passagem pela base do Cruzeiro, clube em que se sagrou campeão do Campeonato Mineiro Sub-12, e pelo Desportivo Brasil, que ainda possui 20% dos direitos econômicos do atleta. No Timão, o zagueiro participou do elenco vice-campeão do Campeonato Brasileiro Sub-17 de 2019.

Veja mais em: Base do Corinthians, Corinthians Sub-17 e Corinthians Sub-20.

Veja Mais:

  • Mancini pode ter inúmeros problemas para clássico com o Palmeiras

    Corinthians tem suspeita de surto de Covid-19 e pode pedir adiamento de Dérbi

    ver detalhes
  • Corinthians prepara mosaico para Dérbi desta quarta-feira

    Corinthians prepara mosaico especial para Dérbi desta quarta-feira na Neo Química Arena

    ver detalhes
  • Walter, que chegou ao Corinthians em 2013. deixará o clube com 91 jogos, 73 gols tomados e seis títulos

    Walter aceita proposta e Corinthians deve anunciar saída do goleiro antes do Dérbi

    ver detalhes
  • Corinthians ainda não oficializou acordos com a Caixa e com a Odebrecht sobre a quitação do estádio

    Corinthians e Caixa pedem suspensão de processo judicial pela sexta vez

    ver detalhes
  • Em 2020, Timão caiu para o América Mineiro nas oitavas

    Corinthians conhece adversário da primeira fase da Copa do Brasil nesta terça-feira; saiba tudo

    ver detalhes
  • Posto de gasolina temático do clube, que já está sendo reformado, ficará na Avenida Maria Luiz Americano, esquina com a Avenida Líder, em Itaquera, Zona Leste de SP

    Corinthians terá posto de gasolina temático; veja fotos, os detalhes e onde está sendo construído

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia:

x