Mancini é direto ao explicar 'sumiço' de promessas pedidas pela Fiel: 'Não mostram nos treinos'

48 mil visualizações 549 comentários

Por Meu Timão

Xavier e Gabriel Pereira estão sendo pedidos pela Fiel nas redes sociais

Xavier e Gabriel Pereira estão sendo pedidos pela Fiel nas redes sociais

Rodrigo Coca/Agência Corinthians

Depois de inúmeras entrevistas projetando maior utilização das categorias de base na temporada, Vagner Mancini deixou de usar algumas promessas nos últimos jogos. Diante de jogos mais pesados, o Corinthians contou com atletas mais experientes e a Fiel passou a questionar a ausência de algumas promessas. Questionado, o treinador foi direto ao justificar o "sumiço".

"Xavier, GP e alguns outros atletas não estão tendo oportunidades porque não estão mostrando no treinamento aquilo que poderiam mostrar. Quem tem oportunidade é porque vem se destacando. Quando há destaque, o jogador se escala pelo que produz. Se dentro dos jogos, o Rodrigo está titular, é porque ele vem demonstrando nos jogos. Temos outros jogadores que vão aparecer daqui a pouco", afirmou, em entrevista à Rádio Bandeirantes.

Apesar da explicação, o comandante também ressaltou que é momento de tomar cuidado com esse momento de transição dos atletas para o profissional. Segundo ele, a tendência é que, com os dias de treino durante a paralisação, mais garotos se desenvolvam a ponto de ganhar chances na equipe.

"É óbvio que quando você está em momento difícil, como citei aqui, você de repente jogar um peso excessivo em cima de garotos, em jogos classificatórios, é muito pior do que se você tiver a calma necessária para todos se sentirem bem. Você jogar Sub-17, Sub-20 e de repente chegar no profissional tendo que ter desempenho, é sempre mais difícil. Tenho muito carinho pelos meninos e vou tentar ser o mais justo possível", pontuou.

"No jogo do Retrô, entrei com um time muito mais maduro e eu sabia que sofreríamos em campo pela intensidade, jogo eliminatório. Não podia de maneira alguma em lançar um garoto e estarmos falando aqui da desclassificação e da desvalorização de alguns atletas. Se a gente for analisar os jogos de times grandes e pequenos em toda a Europa, as copas proporcionam surpresas. Não podemos arriscar. O risco que podíamos correr, corremos e deu tudo certo. Jogar os meninos em uma situação que o time não está encaixado, é sempre muito grande. Agora, com tempo pra trabalhar, talvez alguns deles apareçam na equipe", completou.

Conforme levantamento realizado pelo Meu Timão, seis dos dez atletas da base que tiveram oportunidade ainda não somam mais de 90 minutos pelo profissional. No último duelo, somente Rodrigo Varanda entrou em campo.

Veja mais em: Vagner Mancini, Xavier, Gabriel Pereira e Base do Corinthians.

Veja Mais:

  • Roger Guedes pode estar próximo de acerto com o Corinthians

    Roberto de Andrade comenta situação de Roger Guedes; Corinthians espera liberação

    ver detalhes
  • Corinthians conheceu detalhes dos próximos jogos do Brasileirão

    CBF desmembra tabela e Corinthians conhece detalhes das próximas rodadas do Brasileirão

    ver detalhes
  • Giuliano não atua desde 25 de abril, quando entrou em campo pela última vez com a camisa do Basaksehir, da Turquia

    Entenda por que Giuliano e Renato não jogam contra o Flamengo e o Corinthians não lamenta isso

    ver detalhes
  • Rodrigo Varanda durante último treino antes do jogo contra o Cuiabá

    Corinthians renova contrato de Rodrigo Varanda; jogador pode sair do clube nos próximos dias

    ver detalhes
  • Safety do Patriots se apresentou com a camisa do Corinthians

    Jogador da NFL usa camisa do Corinthians em reapresentação para treinamentos

    ver detalhes
  • Léo Mana marcou no empate do Corinthians contra o Fluminense

    Corinthians empata em casa com o Fluminense e amplia sequência invicta no Brasileirão Sub-20

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia:

x