Corinthians se despede da Sul-Americana com goleada na Neo Química Arena

40 mil visualizações 407 comentários

Ramiro marcou dois gols diante dos paraguaios

Ramiro marcou dois gols diante dos paraguaios

Rodrigo Coca/Agência Corinthians

Corinthians 4 X 0 River Plate-PAR

Sul-Americana 2021
26 de maio de 2021, 21:30
Corinthians 4 x 0 River Plate-PAR
Neo Química Arena

Já eliminado da Copa Sul-Americana, o Corinthians entrou em campo na noite desta quarta-feira para se despedir da competição continental. Com boa atuação, a equipe alvinegra bateu o River Plate, do Paraguai, por 4 a 0 - os gols foram marcados por Ramiro, duas vezes, Jô e Mateus Vital.

Com o triunfo, o Timão terminou a primeira fase com dez pontos, com duas vitórias diante do Sport Huancayo, uma vitória e um empate contra o River Plate, e duas derrotas para o Peñarol, que se classificou.

Agenda: o Corinthians volta a campo neste domingo, às 18h15, para encarar o Atlético Goianiense, também na Neo Química Arena. O jogo marca a estreia no Brasileirão e também do técnico Sylvinho.

Escalação

Ainda sem Sylvinho, o técnico interino Fernando Lázaro promoveu seis alterações em relação ao último compromisso e mandou o Timão a campo com Cássio; João Victor, Bruno Méndez, Raul Gustavo e Fábio Santos; Roni, Ramiro, Araos, Adson, Mateus Vital; Jô.

Escalação

Meu Timão

O jogo

Primeiro tempo

Com o mando de campo e querendo terminar a Copa Sul-Americana com um resultado positivo, o Corinthians se lançou ao ataque desde o primeiro minuto. Apesar disso, o adversário se postou bem e a equipe alvinegra sofreu para achar espaços e criar sua primeira oportunidade de gol.

Aos 20 minutos, o Timão enfim chegou com perigo. Em bola cruzada, Jô errou a finalização e a bola sobrou no segundo pau. Após cruzamento de Méndez, Vital bateu forte e forçou boa defesa do arqueiro do River.

Na sequência, o primeiro gol saiu. Em cobrança de escanteio, a zaga afastou para a entrada da área e Ramiro bateu forte por cima do goleiro para abrir o placar com um golaço na Neo Química Arena.

O Corinthians cresceu no jogo e quase ampliou no lance seguinte. Pelo meio, Araos ajeitou para a perna esquerda e bateu colocado no travessão, bem próximo ao ângulo. Aos 26 minutos, foi a vez de Adson tentar chute rasteiro, que parou em boa defesa do arqueiro paraguaio.

E a resposta do River Plate veio. Pela esquerda, Montiel arriscou chute de muito longe e Cássio só observou a bola batendo no travessão. Na sequência, porém, Bruno Méndez recolocou o Timão no comando da partida com cabeçada perigosa para mais uma boa intervenção do goleiro.

O ritmo do jogo subiu e os visitantes colocaram outra bola na trave. No contra-ataque, o terceiro gol alvinegro saiu: Adson deixou Vital na cara do gol e o camisa 22 bateu no cantinho para ampliar.

Pouco tempo depois, Adson tentou novamente bater no canto, mas a bola saiu pela linha de fundo sem tanto perigo.

Segundo tempo

No intervalo, Fernando Lázaro fez duas trocas: Matheus Donelli e Victor Cantillo entraram nas vagas de Cássio, que sentiu na primeira etapa, e Mateus Vital. Logo aos três minutos, o Timão quase ampliou, mas o goleiro evitou o gol de Araos em boa cobrança de falta.

E o quarto gol rapidamente saiu. Pouco tempo depois, Cantillo lançou bem para Ramiro, o goleiro adversário errou o tempo de bola e o camisa 8 bateu com categoria com o gol livre para balançar as redes.

Depois do segundo, o volante deixou o campo para a entrada de Vitinho. Três minutos depois, Araos finalizou bem para nova defesa de Serdan.

Na sequência, foi a vez de Jô chutar na trave. E o camisa 9 imediatamente deixou o campo para a entrada de Cauê. Fernando Lázaro fechou suas substituições com Gabriel Pereira na vaga de Araos.

O jogo diminuiu o ritmo e o River voltou a criar uma chance. Aos 42 minutos, Caballero tentou, mas a bola passou sem perigo para Donelli. Na sequência, o arqueiro foi bem em chute de longe, mas a bola bateu na rede pelo lado de fora.

Veja mais em: Copa Sul-Americana.

Quem Atuou

Títulares

Reservas

Técnico

Árbitro

Comente a notícia:

x