Cantillo supera pontos baixos no Corinthians e deixa Allianz Parque em alta após traumas

2.1 mil visualizações 29 comentários

Cantillo na partida entre Corinthians e Palmeiras, pelo Brasileirão, no Allianz Parque

Cantillo na partida entre Corinthians e Palmeiras, pelo Brasileirão, no Allianz Parque

Danilo Fernandes/Meu Timão

Victor Cantillo, dentre praticamente todos os jogadores do atual elenco do Corinthians, era talvez quem tivesse as piores recordações do Allianz Parque, local do clássico do último sábado, contra o Palmeiras. Dessa vez, porém, deixou o gramado do lugar aplaudido e com certeza de sequência para a temporada.

"Tem uma boa qualidade técnica, de passe, inversões, e eles têm se encontrado muito bem nesse setor do campo. Tem dado bastante consistência no time", definiu Sylvinho sobre o colombiano, que fez seu terceiro jogo como titular e saiu de campo com pouco de ruim e muito de bom a se falar do seu desempenho.

De acordo com o SofaScore, Cantillo acertou 70 dos seus 74 passes tentados, com uma precisão impressionante de 12 dos 14 lançamentos tentados para os companheiros, além de ganhar cinco dos oito duelos individuais da partida. Controlando o ritmo da equipe e do jogo, viu um futuro promissor se abrir inversamente proporcional às visitas anteriores ao estádio.

A primeira delas foi na final do Campeonato Paulista do ano passado, quando havia acabado de se recuperar da Covid-19 e foi acionado por Tiago Nunes no segundo tempo, em tentativa de mudar o ritmo da partida. Em campo, ainda teve boa participação no lance do pênalti sofrido por Jô, iniciando a jogada do cruzamento de Sidcley.

Depois disso, porém, ficou marcado por bater o segundo pênalti muito mal, parando em defesa de Weverton. Ainda teve algum moral enquanto Tiago Nunes esteve no cargo, mas acabou perdendo espaço com a saída do treinador, tornando-se um jogador que entrava esporadicamente.

Cantillo, porém, aproveitou uma brecha deixada por Ramiro, suspenso, e teve grande atuação em goleada sobre o Fluminense, no primeiro jogo deste ano, credenciando-se para ser titular no clássico contra o Palmeiras, outra vez no Allianz Parque. As lembranças do local, porém, só pioraram.

Sem conseguir se achar em campo, ele e o time foram presa fácil para o adversário. O colombiano foi substituído ainda no intervalo, quando o placar já apontava 2 a 0, e virou, outra vez, peça apenas esporádica até a saída de Mancini.

Agora com Sylvinho e o moral alcançado, Cantillo tenta se firmar de vez como titular da equipe e controlador do ritmo da equipe, assim como esperava o Timão desde a sua contratação, no ano passado.

Veja mais em: Victor Cantillo e Campeonato Brasileiro.

Veja Mais:

  • Claudinho. hoje no Bragantino, nada tem a ver com o processo iniciado pelo ex-empresário contra o Corinthians; acordo já foi homologado na Justiça

    Corinthians faz acordo na Justiça e quitará dívida com ex-agente de Claudinho em 20 parcelas

    ver detalhes
  • Se nenhuma intercorrência acontecer até domingo, Gabriel se tornará o sexto jogador do Corinthians a completar 100 jogos na Neo Química Arena

    Gabriel se tornará o sexto jogador a completar 100 jogos na Neo Química Arena: 'Sonho realizado'

    ver detalhes
  • Corinthians e Fortaleza ficaram no 0 a 0 na Fazendinha

    Corinthians e Fortaleza empatam sem gols pelo Campeonato Brasileiro de Aspirantes

    ver detalhes
  • Giuliano mais uma vez treinou no gramado com os companheiros e fica perto do seu melhor condicionamento

    Corinthians treina com volta de garoto e evolução de reforços em busca da estreia

    ver detalhes
  • Diego Figueredo é o mais novo reforço do Corinthians

    Corinthians anuncia contratação de armador argentino após a saída de Fuller

    ver detalhes
  • Raul Gustavo sentiu o joelho direito e fez trabalho na parte interna do CT

    Dupla do Corinthians sente incômodos e faz trabalho interno no CT Joaquim Grava

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia:

x